Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

A Ressurreição de Moisés

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

A Ressurreição de Moisés

Mensagem por alan fabiano em Sex Set 24, 2010 4:08 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Como provar biblicamente a ressurreição de Moisés?

alan fabiano

Mensagens : 5
Idade : 40
Inscrição : 24/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Sab Maio 21, 2011 7:36 pm

O caso de Enoque não pode ser usado como comparação, uma vez que ele não morreu.

Com relação à Moisés e à Cristo, a questão é que as Sagradas Escrituras dizem que apenas o corpo do Cristo não viu a corrupção. Ora, resposta muito simples: porque em lugar algum da Bíblia é dito que o corpo de Moisés (ou o corpo de qualquer outra pessoa) não viu a corrupção.

Logo:

1. Se a Bíblia NÃO diz que o corpo de Moisés não viu a corrupção;

2. Mas diz que o corpo do Cristo não viu a corrupção...

então só podemos concluir que somente o corpo do Cristo não viu a corrupção. Seria completamente absurdo, a meu ver, dizer que o corpo de Moisés não viu a corrupção, quando a Bíblia afirma clara e repetidamente que isso aconteceu apenas com o corpo do Filho de Deus.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Sab Maio 21, 2011 7:47 pm

Como eu disse anteriormente, mesmo que Moisés tenha apodrecido isso não impede que ele ressucite em corpo glorificado, o fato de um corpo apodrecer não impede sua glorificação. É isso que acontecerá com os justos na ressurreição final, Deus ressucitará pessoas cujos corpos nem existem mais. É por isso que esse detalhe é inutil. Tanto faz se Moisés apodreceu ou não, isso não faz diferença.

Eduardo

Mensagens : 5997
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Sab Maio 21, 2011 11:01 pm

Bem, a questão é que dizer que o corpo de Moisés não viu a corrupção não tem respaldo bíblico algum, pois a Bíblia apenas fala que o corpo do Cristo não veria a corrupção. Isso jamais é dito acerca do corpo de Moisés. Bem, vou fazer, agora mesmo, uma pesquisa mais apurada na internet, nos livros de EGW e em outros lugares, para ver se encontro a posição oficial da IASD sobre essa questão, se é que tal posição oficial existe. Se descobrir algo, certamente lhe falarei.

Com relação à ressurreição de Moisés, tenho comigo que Jesus não apenas foi o primeiro e o único a ressuscitar para nunca mais morrer, mas também foi o primeiro e o único cujo corpo não viu a corrupção. Isso, evidentemente, descarta a possibilidade de Moisés já ter ressuscitado. Veja os textos que me baseio para afirmar isso:

Isto é, que o Cristo devia padecer, e sendo o primeiro [gr. protos] da ressurreição dentre os mortos, devia anunciar a luz a este povo e aos gentios (At 26.23).

Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias [gr. aparche] dos que dormem (1Co 15.20).

E ele [Cristo] é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio [gr. arche] e o primogênito [gr. prototokos] dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência (Cl 1.18).

E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito [gr. prototokos] dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra (Ap 1.5).


Conforme esses 4 textos, Jesus foi o primeiro e o único a passar por uma ressurreição para nunca mais morrer. Logo, se Moisés passou por essa mesma ressurreição, então tal milagre ocorreu depois da ressurreição de Jesus, e não antes.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 9:18 am

Luis Henrique escreveu:Bem, a questão é que dizer que o corpo de Moisés não viu a corrupção não tem respaldo bíblico algum, pois a Bíblia apenas fala que o corpo do Cristo não veria a corrupção.
Repito pela enésima vez, a Bíblia não usa a palavra 'apenas' ou similares para se referir ao corpo de Cristo, ela não fecha a questão.
Veja os textos que me baseio para afirmar isso:
Isto é, que o Cristo devia padecer, e sendo o primeiro [gr. protos] da ressurreição dentre os mortos, devia anunciar a luz a este povo e aos gentios (At 26.23).
Cristo, feito "as primícias dos que dormem," não significa que fosse o primeiro da ressurreição, pois em outro texto semelhante a Tradução Brasileira reza: "seria Ele o primeiro que, pela ressurreição dos mortos, havia de anunciar a luz ao povo e aos gentios." Atos 26:23: "isto é, como o Cristo devia padecer, e como seria ele o primeiro que, pela ressurreição dos mortos, devia anunciar a luz a este povo e também aos gentios".

E Boomfield, em seu comentário pondera: "As palavras do texto podem ser traduzidas ‘depois da ressurreição dos mortos’ ou ‘pela ressurreição,’ sendo mais exata esta última."

Wakfield traduziu assim o passo: "Cristo sofreria a morte, e seria o primeiro a proclamar a salvação a Seu povo e aos gentios pela ressurreição dos mortos."
Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias [gr. aparche] dos que dormem (1Co 15.20).
E ele [Cristo] é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio [gr. arche] e o primogênito [gr. prototokos] dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência (Cl 1.18).
E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito [gr. prototokos] dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra (Ap 1.5).
Conforme esses 4 textos, Jesus foi o primeiro e o único a passar por uma ressurreição para nunca mais morrer. Logo, se Moisés passou por essa mesma ressurreição, então tal milagre ocorreu depois da ressurreição de Jesus, e não antes.
"Primícias" não está em relação com prioridade, mas com o símbolo. Relaciona-se com o molho movido que o sacerdote erguia na festa dos asmos, na dedicação dos primeiros frutos da colheita. Cristo era o Antitipo dos molhos, do mesmo modo como é chamado Cordeiro por ser Antitipo dos cordeiros do sacrificio, no ritual do santuário. Houve muitos cordeiros sacrificados antes dEle. Como Antitipo, Cristo é as primícias dos que dormem. Leia-se S. Tia. 1:18 e ver-se-á que também somos primícias.
Tia. 1:18

18 "Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas".

Em Apoc. 14:4 se lê que os 144.000 são primícias também. E assim se desmantela mais uma ficção imortalista.

[Baseado em segmento da obra Subtilezas do Erro, de Arnaldo B. Christianini].
Apoc. 14:4

4 "Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro".

Mas eu creio que Cristo foi a primicia da segunda morte, o que nem um outro padeceu ainda.

Quando lemos que Cristo é a “primícia dos que dormem” (cf. 1Co.15:23), isso não significa que Cristo foi o primeiro a ressuscitar de todos os tempos de toda a história da humanidade, pois a Bíblia traz um relatório de várias pessoas que ressuscitaram antes dele (cf. 1 Reis 17:17-24; 2 Reis 4:25-37; Lucas 7:11-15; 8:41-56; Atos 9:36-41; 20:9-11), e não só fisicamente mas também em glorificação, como é o caso dos que ressuscitaram com a morte e ressurreição do próprio Cristo conforme descrição de Mateus 27:52-53.

“Primícias" não está no sentido de prioridade, mas com o símbolo. Está em relação ao molho movido que o sacerdote erguia na festa dos pães asmos, na dedicação dos primeiros frutos da colheita. Jesus era o antítipo dos molhos, da mesma maneira tal como como é chamado Cordeiro por ser antítipo dos cordeiros no ritual dos sacríficos da lei do AT. Isso, obviamente, não muda o fato de que houve muitos cordeiros sacrificados antes dele.

Como antítipo, Cristo é as primícias dos que dormem. Vemos vários exemplos disso nas Escrituras, como, por exemplo, em Tiago, que diz: “Por sua decisão ele nos gerou pela palavra da verdade, para que sejamos como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou” (cf. Tg.1:18). Obviamente em número nós não somos literalmente a primícia (o primeiro que Ele criou foi Adão), mas o somos no símbolo.

De igual modo, também lemos no Apocalipse: “Estes são os que não se contaminaram com mulheres, pois se conservaram castos e seguem o Cordeiro por onde quer que ele vá. Foram comprados dentre os homens e ofertados como primícias a Deus e ao Cordeiro” (cf. Ap.14:4). Estes com absoluta certeza não foram os primeiros a não tocarem em mulher (em toda a história da humanidade), mas mesmo assim são primícias por causa do símbolo, e não da prioridade.

De igual modo, Jesus foi o primeiro a ressuscistar no nosso tempo atual, o “Tempo da Graça”, e tronou-se o símbolo e garantia (penhor) da nossa própria ressurreição final (cf. 1Ts.4:13). Mas numericamente houve pessoas ressuscitadas antes deste tempo (cf. Jd.9; Rm.5:14; Mt.27:52,53; 1Rs.17:17-24; 2Rs.4:25-37; Lc.7:11-15; Lc.8:41-56; At.9:36-46; At.20:9).
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 12:07 pm

O que estou querendo dizer é que a Bíblia declara, apenas em relação ao corpo do Cristo, que ele não veria a corrupção. Você, Eduardo, está coberto de razão em dizer que a palavra "apenas" não é mencionada. Não existe nenhum texto bíblico dizendo algo do tipo: "Apenas o corpo do Cristo não verá a corrupção". Porém, o que estou dizendo é que a Bíblia, quando declara que um corpo não veria a corrupção, faz essa declaração apenas em relação ao corpo de Jesus. Ou seja, a Bíblia jamais declara que o corpo de Moisés (ou de quem quer que seja) não veria a corrupção. Logo, só podemos concluir que o corpo de Moisés (caso ele tenha ressuscitado) viu, sim, a corrupção.

Para resumir isso que estou dizendo acerca da palavra "apenas", responda, por gentileza, a esta simples pergunta:

Existe algum texto bíblico que diz que o corpo de Moisés não viu a corrupção? Sim ou não?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 1:24 pm

Luis Henrique escreveu:... a Bíblia jamais declara que o corpo de Moisés (ou de quem quer que seja) não veria a corrupção. Logo, só podemos concluir que o corpo de Moisés (caso ele tenha ressuscitado) viu, sim, a corrupção.
Esse é o conhecido argumento do silêncio. O ditado que afirma que “ausência de evidência não é evidência de ausência” não é só verdadeiro como indispensável neste contexto. Argumentos do silêncio não servem de prova nem contraprova de nada. O fato de a Bíblia não declarar que o corpo de Moisés (ou de quem quer que seja) não veria a corrupção não prova que isso nunca tenha acontecido. Enoque e Elias, por exemplo, não viram a corrupção e a palavra de Deus não menciona esse pormenor.


Última edição por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 1:33 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 1:30 pm

Eduardo, o que é que, de fato, vale para você: aquilo que está escrito na Bíblia, ou aquilo que NÃO está escrito na Bíblia?

Com relação a Enoque e a Elias, é evidente que eles nunca virão a corrupção, pois eles não morreram. A questão da corrupção corporal só tem sentido em relação aos que morreram. Não podemos confundir as coisas.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 1:34 pm

Esse argumento do silêncio não é decisivo neste contexto. A Bíblia não entra em detalhes que não tem importância, é silente neste caso assim como foi em relação a Elias e Enoque que, da mesma forma que Moisés, não viram a corrupção.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 1:44 pm

Eduardo, o argumento do silêncio serve, isso sim, para combater a sua maneira de pensar e argumentar. Eu, porém, tenho a Bíblia a meu favor, pois digo que somente o corpo de Cristo não viu a corrupção pois a Bíblia diz, somente sobre o corpo do Cristo (e para mais nenhum outro corpo), que ele não veria a corrupção. Se ela não diz isso acerca do corpo de Moisés, então eu não posso, de forma alguma, afirmar que Moisés ressuscitou num corpo glorificado.

No momento de interpretar as Sagradas Escrituras, o que é que, de fato, importa para você: aquilo que não está escrito na Bíblia? Pelo visto, parece que sim. Se for assim, então abre-se o precedente para que qualquer pessoa possa construir a doutrina que quiser, pois ela pode acreditar tanto no que está escrito na Bíblia quanto naquilo que não está escrito. Nesse caso, eu posso dizer que Moisés ressuscitou num corpo glorificado e, em seguida, foi levado aos céus pelo arcanjo Miguel ou pelo anjo Gabriel, embora isso não esteja escrito em parte alguma da Bíblia. Se eu quiser, também posso dizer que Abraão, Isaque, Jacó, José, Raabe, Davi, etc. etc. também já ressuscitaram em corpos glorificados, e agora encontram-se no céu. Afinal, mesmo que a Bíblia silencie sobre esses assuntos, não há problema algum em eu acreditar nisso. Eduardo, para nós, cristãos, o que importa é o "está escrito do SENHOR", e não o "NÃO está escrito do SENHOR", concorda comigo?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 1:57 pm

Luis Henrique escreveu:Eduardo, o argumento do silêncio serve, isso sim, para combater a sua maneira de pensar e argumentar. Eu, porém, tenho a Bíblia a meu favor, pois digo que somente o corpo de Cristo não viu a corrupção pois a Bíblia diz, somente sobre o corpo do Cristo (e para mais nenhum outro corpo), que ele não veria a corrupção. Se ela não diz isso acerca do corpo de Moisés, então eu não posso, de forma alguma, afirmar que Moisés ressuscitou num corpo glorificado.
Uma rápida pesquisa nos mostra que o filho da viuva (1Reis 17.17-24) morreu, não viu a corrupção e ressucitou. Isso corrobora o que venho dizendo.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 2:03 pm

Eduardo, o que estamos discutindo é outra coisa, a saber: se existe algum caso de alguma pessoa (além de Jesus) que foi ressuscitada para nunca mais morrer antes que seu corpo visse a corrupção. O corpo do filho da viúva certamente não viu a corrupção, porém ele morreu posteriormente.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 2:09 pm

A palavra de Deus não fez essa lista e nem se importou com isso. O que vai além do que está escrito é especulação. No caso do filho da viuva (1Reis 17.17-24), ele morreu não viu a corrupção, ressucitou e a Biblia nem se preocupou em entrar em detalhes mesmo sabendo que seu corpo não apodreceu. Isso pode muito bem ter acontecido com Moisés e da mesma forma a palavra não tenha se preocupado em citar esse detalhe.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 2:13 pm

Então você quer dizer que o filho da viúva, após ter sido ressuscitado, nunca mais morreu?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 2:17 pm

Não ponha palavras na minha boca. Eu apenas disse que antes de ressucitar, o corpo do filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu e a Bíblia não mencionou isso. O mesmo aconteceu com Moisés, mesmo que a Bíblia não tenha entrado nesse pormenor seu corpo pode não ter apodrecido.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 2:42 pm

Eduardo, o corpo do menino seguramente não estava apodrecendo. Porém, será que afirmamos isso com base em algo que não está escrito no texto? De forma alguma. Fazemos tal afirmação por inferência, que é uma maneira legítima e correta de interpretação bíblica. Como o profeta Elias estava morando na casa daquela viúva, no andar de cima (1Rs 17. 8, 15, 19), seguramente aquela viúva, no exato momento que seu filho morreu, imediatamente o entregou aos cuidados do profeta de Deus, e aí este o ressuscitou em seguida. Ou será que aquela mulher entregou seu filho morto ao profeta Elias dias após sua morte, quando seu corpo já estivesse apodrecendo? Logo, as informações do texto nos permitem inferir que o corpo do menino não estava apodrecendo.

De todas as pessoas que foram ressuscitadas na Bíblia, Lázaro foi o único cujo corpo já estava apodrecendo. Todas as demais pessoas não experimentaram a corrupção. Porém, como eu disse, tanto Lázaro quanto todas as pessoas que foram ressuscitadas não servem de exemplo para o nosso debate, pois todos eles morreram posteriormente. Só Cristo ressuscitou para nunca mais morrer.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 2:49 pm

Moisés também ressuscitou para nunca mais morrer.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 2:56 pm

Sem problemas, Eduardo, eu sei que você acredita dessa maneira. Agora, dizer que Moisés ressuscitou antes que seu corpo visse a corrupção, isso você nem ninguém pode dizer, pois tal ensinamento não se encontra em lugar algum das Sagradas Escrituras.
Afinal, como eu venho dizendo, para nós, cristãos, o que REALMENTE importa e tem valor é o "está escrito do SENHOR". E o "está escrito do SENHOR" diz, apenas em relação ao Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção. Eu só conseguiria afirmar que o corpo de Moisés não viu a corrupção se eu acreditasse no "não está escrito do SENHOR".

Em que você acredita, Eduardo: no "está escrito do SENHOR", ou no "NÃO está escrito do SENHOR"?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 3:01 pm

Luis Henrique escreveu:Agora, dizer que Moisés ressuscitou antes que seu corpo visse a corrupção, isso você nem ninguém pode dizer, pois tal ensinamento não se encontra em lugar algum das Sagradas Escrituras.
E dizer que Moisés ressuscitou depois que seu corpo visse a corrupção, isso você nem ninguém pode dizer, pois tal ensinamento TAMBÉM não se encontra em lugar algum das Sagradas Escrituras.
E o "está escrito do SENHOR" diz, apenas em relação ao Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção.
Essa afirmação não é restritiva, Cristo não foi o único cujo corpo não apodreceu, Elias e Enoque também não viram a corrupção. Quantas vezes mais você vai repetir esse mesmo argumento refutado ?
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 3:31 pm

Eduardo, se Enoque e Elias não morreram, então como que você quer usá-los como exemplos para o nosso debate? Tem algum sentido? É óbvio que eles não viram a corrupção, pois nunca morreram. Porém, o que estamos discutindo é se alguma pessoa que morreu foi ressuscitada antes que seu corpo apodrecesse.

Ora, mas é claro que essa afirmação é restritiva, do contrário você está admitindo que o "não está escrito do SENHOR" é o que de fato importa na hora de interpretar a Bíblia. Acaso você afirma aquilo que a Bíblia não afirma?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 3:37 pm

Luis Henrique escreveu:Eduardo, se Enoque e Elias não morreram, então como que você quer usá-los como exemplos para o nosso debate? Tem algum sentido? É óbvio que eles não viram a corrupção, pois nunca morreram. Porém, o que estamos discutindo é se alguma pessoa que morreu foi ressuscitada antes que seu corpo apodrecesse. Você afirma aquilo que a Bíblia não afirma.
É perfeitamente aplicável para dizer que ao se afirmar que Cristo não viu a ressurreição não se está dizendo que Cristo foi o único a não ver a ressurreição. Essa passagem diz apenas que Cristo não passou pela corrupção, só isso. Não há restrição para os demais casos. Não se diz que Cristo foi o único.
Ora, mas é claro que essa afirmação é restritiva, do contrário você está admitindo que o "não está escrito do SENHOR" é o que de fato importa na hora de interpretar a Bíblia.
Claro que não é restritiva, se fosse automáticamente estariamos daclarando que Elias e Enoque viram corrupção e sabemos que esse não é o caso.
Acaso você afirma aquilo que a Bíblia não afirma?
Quem faz isso é você ao afirmar que o único que não viu a corrupção foi Cristo. Isso a Bíblia não afirma pois sabemos que Elias e Enoque também não viram a corrupção.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 3:50 pm

Eduardo, acompanhe as duas afirmações abaixo:


1. A Bíblia diz, apenas em relação a Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção. ESSA AFIRMAÇÃO ESTÁ ESCRITA NA BÍBLIA

2. Embora a Bíblia não diga, em lugar algum, que o corpo de Moisés não viu a corrupção, assim mesmo eu acredito que o corpo de Moisés não viu a corrupção.

Eduardo, em qual dessas declarações você acredita: na 1ª ou na 2ª?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 3:56 pm

Bem, eu acredito na 1ª declaração.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 5:38 pm

Recapitulando:

1°) At 2.25-31 não afirma que Cristo foi o único que não viu a corrupção, lá diz apenas que "sua carne viu a corrupção" e só, essa passagem não é restritiva, ela não afirma que outros casos de incorruptibilidade não tenham acontecido. Um bom exemplo disso é Elias e Enoque que com certeza também não viram a corrupção.

2º) A Bíblia não diz se Moisés apodreceu ou não, ela é silente neste caso. É especulação afirmar que Moisés apodreceu. Nem todos os mortos que ressucitaram apodreceram antes, um exemplo disse é o filho da viuva (1Reis 17.17-24) morreu, não viu a corrupção, ressucitou e não apodreceu.

A Bíblia não afirma nem que Moisés viu corrupção nem que Cristo foi o único a não ver a corrupção. Agora, mesmo que Moisés tenha apodrecido isso não impede que ele ressucite em corpo glorificado, o fato de um corpo apodrecer não impede sua glorificação. É isso que acontecerá com os justos na ressurreição final, Deus ressucitará pessoas cujos corpos nem existem mais. É por isso que esse detalhe é inutil. Tanto faz se Moisés apodreceu ou não, isso não faz diferença.

Ao afirmar que a Bíblia NÃO diz que o corpo de Moisés não viu a corrupção você recorre ao conhecido argumento do silêncio. O ditado que afirma que “ausência de evidência não é evidência de ausência” não é só verdadeiro como indispensável neste contexto. Argumentos do silêncio não servem de prova nem contraprova de nada. O fato de a Bíblia não declarar que o corpo de Moisés (ou de quem quer que seja) não veria a corrupção não prova que isso nunca tenha acontecido. Enoque e Elias, por exemplo, não viram a corrupção e a palavra de Deus não menciona esse pormenor. Esse argumento do silêncio não é decisivo neste contexto.

Antes de ressucitar, o corpo do filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu e a Bíblia não mencionou isso. O mesmo aconteceu com Moisés, mesmo que a Bíblia não tenha entrado nesse pormenor seu corpo pode não ter apodrecido. Dizer que Moisés ressuscitou depois que seu corpo visse a corrupção, isso você nem ninguém pode dizer, pois tal ensinamento TAMBÉM não se encontra em lugar algum das Sagradas Escrituras. A Bíblia não entra em detalhes que não tem importância, é silente neste caso assim como foi em relação a Elias e Enoque que, da mesma forma que Moisés, não viram a corrupção.


Última edição por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 5:49 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 5:49 pm

Eduardo, Enoque e Elias não têm nada a ver com nossa conversa. Se os dois não morreram, então é evidente que seus corpos jamais poderiam experimentar a corrupção. Meu irmão, nossa conversa é sobre mortos, não sobre vivos... Não queira matar Enoque e Elias para usá-los como modelo...rs

Com relação à sua última colocação, novamente eu lhe digo: só podemos afirmar aquilo que a Bíblia afirma. De forma alguma podemos afirmar aquilo que a Bíblia não afirma.


Agora, eu gostaria que você respondesse, se possível, à pergunta que lhe deixei em meu último post. Deixe-me repeti-la aqui...





Eduardo, acompanhe as duas afirmações abaixo:


1. A Bíblia diz, apenas em relação a Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção. ESSA AFIRMAÇÃO ESTÁ ESCRITA NA BÍBLIA

2. Embora a Bíblia não diga, em lugar algum, que o corpo de Moisés não viu a corrupção, assim mesmo eu acredito que o corpo de Moisés não viu a corrupção.

Eduardo, em qual dessas declarações você acredita: na 1ª ou na 2ª?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 5:53 pm

Se você continuar repetindo eu farei o mesmo até termos que encerrar esse debate. Se não aceita meu ponto de vista, não vejo problema, é um direito seu. Só não fique repetindo eternamente as mesmas alegações, já respondi a todas.

1°) At 2.25-31 não afirma que Cristo foi o único que não viu a corrupção, lá diz apenas que "sua carne viu a corrupção" e só, essa passagem não é restritiva, ela não afirma que outros casos de incorruptibilidade não tenham acontecido. Um bom exemplo disso é Elias e Enoque que com certeza também não viram a corrupção.

2º) A Bíblia não diz se Moisés apodreceu ou não, ela é silente neste caso. É especulação afirmar que Moisés apodreceu. Nem todos os mortos que ressucitaram apodreceram antes, um exemplo disse é o filho da viuva (1Reis 17.17-24) morreu, não viu a corrupção, ressucitou e não apodreceu.

A Bíblia não afirma nem que Moisés viu corrupção nem que Cristo foi o único a não ver a corrupção. Agora, mesmo que Moisés tenha apodrecido isso não impede que ele ressucite em corpo glorificado, o fato de um corpo apodrecer não impede sua glorificação. É isso que acontecerá com os justos na ressurreição final, Deus ressucitará pessoas cujos corpos nem existem mais. É por isso que esse detalhe é inutil. Tanto faz se Moisés apodreceu ou não, isso não faz diferença.

Ao afirmar que a Bíblia NÃO diz que o corpo de Moisés não viu a corrupção você recorre ao conhecido argumento do silêncio. O ditado que afirma que “ausência de evidência não é evidência de ausência” não é só verdadeiro como indispensável neste contexto. Argumentos do silêncio não servem de prova nem contraprova de nada. O fato de a Bíblia não declarar que o corpo de Moisés (ou de quem quer que seja) não veria a corrupção não prova que isso nunca tenha acontecido. Enoque e Elias, por exemplo, não viram a corrupção e a palavra de Deus não menciona esse pormenor. Esse argumento do silêncio não é decisivo neste contexto.

Antes de ressucitar, o corpo do filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu e a Bíblia não mencionou isso. O mesmo aconteceu com Moisés, mesmo que a Bíblia não tenha entrado nesse pormenor seu corpo pode não ter apodrecido. Dizer que Moisés ressuscitou depois que seu corpo visse a corrupção, isso você nem ninguém pode dizer, pois tal ensinamento TAMBÉM não se encontra em lugar algum das Sagradas Escrituras. A Bíblia não entra em detalhes que não tem importância, é silente neste caso assim como foi em relação a Elias e Enoque que, da mesma forma que Moisés, não viram a corrupção.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 5:56 pm

Luis Henrique escreveu:Com relação à sua última colocação, novamente eu lhe digo: só podemos afirmar aquilo que a Bíblia afirma. De forma alguma podemos afirmar aquilo que a Bíblia não afirma.
A Bíblia não afirma que Moisés apodreceu então não podemos dizer mais do que está escrito. Se ela se cala então não podemos ir além, seria especulação.
1. A Bíblia diz, apenas em relação a Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção. ESSA AFIRMAÇÃO ESTÁ ESCRITA NA BÍBLIA
Eu já respondi isso, essa passagem não afirma que Cristo foi o único a não ver a corrupção. Essa passagem não é restritiva. Se não aceita essa resposta é problema seu. Respeito seu ponto de vista mas não concordo com ele. Se a Bíblia não diz, em lugar algum, que o corpo de Moisés não viu a corrupção não podemos afirmar que viu ou não.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 6:06 pm

1. A Bíblia não diz que Moisés apodreceu.

2. A Bíblia não diz que Cristo foi o único a não apodrecer.

3. Elias e Enoque nunca apodreceram, isso abre um precedente que pode abrigar Moisés.

4. O filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu antes de ressucitar, esse pode ter sido o caso de Moisés.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 9:46 pm

Eduardo escreveu:1. A Bíblia não diz que Moisés apodreceu.

2. A Bíblia não diz que Cristo foi o único a não apodrecer.

3. Elias e Enoque nunca apodreceram, isso abre um precedente que pode abrigar Moisés.

4. O filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu antes de ressucitar, esse pode ter sido o caso de Moisés.

Eduardo, seguirei a lógica que você apresentou acima, ok?

1. A Bíblia diz que a jumenta de Balaão conversou (Nm 22.28-30; 2Pe 2.15, 16).

2. A Bíblia não diz que a jumenta de Balaão foi a única a conversar.

Nesse caso, seguindo a lógica que você mesmo está apresentando, você acredita que outras jumentas já falaram, falam ou falarão?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 10:16 pm

Não sei, poder ser ou pode não ter acontecido. Não podemos ser especulativos demais. Não podemos afirmar taxativamente que tudo o que aconteceu na história da humanidade, cada detalhe, esteja escrito minuciosamente nas páginas da Bíblia.

Agora, como eu já disse, tanto faz se Moisés apodreceu ou não, isso não tem a minima importância. Milhões de pessoas que morreram e apodreceram ressucitarão e serão glorificadas. Isso não faz diferença.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 10:21 pm

Continuando a sua lógica:

1. A Bíblia diz que Jesus nasceu de uma virgem.

2. A Bíblia não diz que Jesus foi o único a nascer de uma virgem.

Portanto, seguindo a lógica que você mesmo está apresentando, você acredita que outras crianças já nasceram, nascem ou nascerão de mulheres virgens? Será que, assim como no caso da jumenta de Balaão, pode ser ou não que já houve, tanto antes quanto depois de Cristo, outras crianças que nasceram de mulheres virgens?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 10:34 pm

Eu refutei todas as tuas contra-argumentações, provei que não foi apenas Cristo a não ver corrupção. Provei que Enoque e Elias também não viram a corrupção e que filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu antes de ressucitar. Esses dois casos abriram precedentes e podem perfeitamente se aplicar a Moisés. Quanto às suas hipóteses, elas podem gerar infinitas possibilidades e não passam de especulações.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 10:56 pm

Irmão Eduardo, eu não sei se você conseguiu captar o que eu estou querendo lhe dizer: estou dizendo que sua lógica, usada para tentar defender que o corpo de Moisés pode não ter apodrecido, está completamente equivocada. E por quê? Porque o que devemos levar em conta, no momento de interpretar as Escrituras, é aquilo que está escrito na Bíblia. Desse modo, se está escrito que a jumenta de Balaão conversou, por meio de um milagre, então é porque esse foi um caso excepcional, único, que jamais aconteceu na história da humanidade. O mesmo se aplica ao caso do nascimento de Jesus e a tantos outros milagres narrados na Bíblia.

Você viu como que sua lógica gera problemas gravíssimos para a interpretação bíblica e, por conseqüência, para a vida cristã? Afinal, essa lógica abre um precedente para você afirmar e acreditar em qualquer coisa, mesmo que essa coisa não esteja sendo afirmada nas Sagradas Escrituras. Sem contar que essa sua lógica, usada para defender que talvez o corpo de Moisés não tenha visto a corrupção, também faz com que a verdade seja relativizada, pois praticamente tudo é possível. Uma prova dessa relativização perigosíssima é que você, Eduardo, chegou ao cúmulo de dizer que talvez outras jumentas já tenham conversado, a exemplo do que aconteceu com a jumenta de Balaão. Sendo assim, seria de se esperar que você dissesse que talvez outras crianças já tenham nascido, nascem ou nascerão de mulheres virgens.

Assim, essa sua lógica peca porque ela afirma aquilo que a Bíblia não afirma. A Bíblia não afirma que o corpo de Moisés não viu a corrupção. Porém, quando você argumenta que não é necessário a Bíblia afirmar que o corpo de Moisés não apodreceu, pois mesmo assim o corpo dele poderia ter apodrecido, então essa sua lógica gera esses problemas que apontei acima. Entendeu?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 11:07 pm

... sua lógica peca porque ela afirma aquilo que a Bíblia não afirma.
Irmão Luis Henrique, com todo respeito mas você fez exatamente a mesma coisa. A Bíblia não afirma que Cristo foi o único que não viu corrupção e você teima em dizer o contrário. A Bíblia também não afirma que Moisés apodreceu e você teima em afirmar que ele apodreceu. Sua lógica peca porque ela afirma aquilo que a Bíblia não afirma.

Sua lógica, usada para tentar defender que o corpo de Moisés pode ter apodrecido, está completamente equivocada. E por quê? Porque a Bíblia não fala NADA a respeito, NADA. Ela não diz nem que sim, nem que não. O que devemos levar em conta, no momento de interpretar as Escrituras, é aquilo que está escrito na Bíblia.

Sem contar que essa sua lógica, usada para defender que talvez o corpo de Moisés tenha visto a corrupção, também faz com que a verdade seja relativizada, pois praticamente tudo é possível. Você ousa dizer que Moisés apodreceu mesmo sabendo que a Palavra de Deus nada diga a respeito. Você viu como que sua lógica gera problemas gravíssimos para a interpretação bíblica e, por conseqüência, para a vida cristã?


Última edição por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 11:21 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 11:20 pm

O que estou mostrando para ti é que não é preciso que a palavra "único" apareça no texto. O simples fato de a Bíblia dizer, apenas em relação ao Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção, já é mais que suficiente para nos fazer acreditar que a ressurreição de Jesus foi única, sem precedentes na história.

Eduardo, segundo a sua lógica, o corpo de Jesus teria sido o único a não ver a corrupção somente se a palavra "único" tivesse sido usada na Bíblia, não é mesmo? Como a palavra "único" não foi usada, você argumenta que isso abre a possibilidade para que o corpo de Moisés possa não ter apodrecido. Porém, veja aonde essa sua lógica acaba levando...

1. A Bíblia diz que Miguel é um arcanjo.

2. A Bíblia não diz, em lugar algum, que Miguel é o único arcanjo. Em lugar algum a palavra "único" é usada para referir-se a Miguel.

Portanto, seguindo a lógica que você mesmo está apresentando, você acredita que existem outros arcanjos além de Miguel? Afinal, a palavra "único" jamais é usada para Miguel.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 11:25 pm

Luis Henrique escreveu:O que estou mostrando para ti é que não é preciso que a palavra "único" apareça no texto. O simples fato de a Bíblia dizer, apenas em relação ao Cristo, que o corpo dEle não veria a corrupção...
Isso não é verdade e já demonstrei isso dezenas de vezes, Elias e Enoque também não viram a corrupção. Isso prova que essa sua declaração não é restritiva, essa passagem não afirma que apenas Cristo não viu a corrupção. Você continua repetindo esses mesmos e velhos argumentos.

Eu refutei todas as tuas contra-argumentações, provei que não foi apenas Cristo a não ver corrupção. Provei que Enoque e Elias também não viram a corrupção e que filho da viuva (1Reis 17.17-24) não apodreceu antes de ressucitar. Esses dois casos abriram precedentes e podem perfeitamente se aplicar a Moisés. Quanto às suas hipóteses, elas podem gerar infinitas possibilidades e não passam de especulações.

Como eu disse anteriormente, mesmo que Moisés tenha apodrecido isso não impede que ele ressucite em corpo glorificado, o fato de um corpo apodrecer não impede sua glorificação. É isso que acontecerá com os justos na ressurreição final, Deus ressucitará pessoas cujos corpos nem existem mais. É por isso que esse detalhe é inutil. Tanto faz se Moisés apodreceu ou não, isso não faz diferença, não tem a minima importância. Milhões de pessoas que morreram e apodreceram ressucitarão e serão glorificadas. Isso não faz diferença.


Última edição por Eduardo em Dom Maio 22, 2011 11:31 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 11:30 pm

Eduardo, após realizar diversas buscas pela internet, desde ontem, finalmente encontrei um site, o www.ellenwhitebooks.com, que contém todos (ou quase todos) os livros de Ellen White. Após fazer uma pesquisa por palavras nesse site, encontrei, no livro Primeiros Escritos, que ela acreditava que o corpo de Moisés não havia experimentado a corrupção. Eis o que ela afirmou:
Moisés passou pela morte, mas Cristo desceu e lhe deu vida antes que seu corpo visse a corrupção. Satanás procurou reter o corpo, pretendendo-o como seu; mas Miguel ressuscitou Moisés e levou-o ao Céu. (pg. 164).

Diante dessa declaração explícita de Ellen White, penso que minha dúvida, no que concerce a como o corpo de Moisés teria ressuscitado, já está totalmente dirimida: a posição oficial da IASD é de que o corpo de Moisés ressuscitou sem experimentar a corrupção. Ou seja, segundo a IASD, Moisés não apenas foi o primeiro a ressuscitar para nunca mais morrer, mas também foi o primeiro homem morto cujo corpo não viu a corrupção. Enfim, para a IASD, Moisés precedeu a Cristo nesses dois quesitos.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 22, 2011 11:47 pm

Ora, Eduardo, diante da posição oficial da IASD, pois imagino que a palavra de Ellen White é autoritativa, surgem 2 questões:

1. Se o corpo de Moisés de fato ressuscitou, então por que Deus não queria que os israelitas soubessem onde se encontrava a sepultura vazia de Moisés? Tem sentido esconder uma sepultura sem nada dentro? Afinal, vimos que foi o próprio Deus quem sepultou Moisés. Portanto, era intenção de Deus que os israelitas não encontrassem a sepultura de seu líder.
Nesse caso, Eduardo, o que é mais lógico e o que faz mais sentido: Deus esconder dos israelitas a sepultura vazia de Moisés, ou Deus esconder dos israelitas a sepultura que abrigava o corpo de Moisés?

2. Você endossa aquilo que Ellen White declarou? Ou seja, você é capaz de afirmar, com convicção, que o corpo de Moisés não viu a corrupção? Afinal, Ellen White não tinha dúvida alguma sobre essa questão.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Diego em Seg Maio 23, 2011 11:13 am

Shalom irmãos...

Dei uma lida rápida no estudo apresentado e achei que é algo forçoso ao extremo.

Fatos:

Se Moises foi ressurrecto, seu corpo não precisaria ser enterrado.

Nenhum dos apóstolos, mais especificamente Paulo, deixaria de atestar que Moises ressurgiu, pois se isso fosse uma realidade, seria um argumento de prato cheio para a sua defesa farisaica.

Se Moises ressuscitou antes do Messias fica caracterizado que o Messias não é as primícias dos mortos e muito menos o primogênito.

Se Moses ressuscitou antes do Messias, a morte de um justo pelos injustos afim de garantir a ressurreição foi debalde, uma vez que a ressurreição já era possível.

A alegativa de ressurreição sem a vinda do Messias em glória é algo estranho diante as Escrituras (I cor 15:20-23)

No mais, para entender a transfiguração do monte é importante observar que Yeshua prometera aos seus discípulos que alguns deles veriam o Messias na sua glória ainda sem passarem pela morte, ou seja, em vida e isso foi plenamente possível, pois a transfiguração foi justamente uma VISÃO desse fato (Mt 17:9)

Por hora deixo essas observações para reflexão.

avatar
Diego

Mensagens : 27
Idade : 35
Inscrição : 11/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Seg Maio 23, 2011 11:25 am

Shalom, Diego.

Exatamente: não faria sentido algum Deus sepultar Moisés numa segunda-feira, por exemplo, unicamente para ressuscitá-lo na terça ou quarta, antes que seu corpo visse a corrupção. Se Moisés ascendeu aos céus, como acreditam algumas pessoas, então por que Deus não levou Moisés logo para os céus, sem que ele precisasse morrer? Por que Deus faria com que Moisés morresse, caísse num estado de completa inexistência e, por fim, após 2 ou 3 dias depois, o trouxesse novamente à existência consciente? Por que não levá-lo imediatamente para os céus, sem que ele precisasse provar a morte, assim como Deus fez com Enoque e Elias?

Além disso, não faz sentido algum acreditarmos que Deus não queria que os israelitas soubessem a localização da sepultura vazia de Moisés.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Diego em Seg Maio 23, 2011 1:59 pm

Shalom Luiz Henrique...

A questão é que pelas palavras de Yeshua ninguém está no Céu, se não o primogênito, portanto nem Moises, nem Elias e nem Enoque:

Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do Homem, que está no céu. (Jo 3:13)

Veja ainda, esse estudo em meu fórum:

http://adonayechad.forumeiros.com/t34-enoque-moises-e-elias-onde-estao

avatar
Diego

Mensagens : 27
Idade : 35
Inscrição : 11/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Seg Maio 23, 2011 5:46 pm

Graça e paz, Diego.


Concordo contigo no que se refere ao fato de que Moisés ainda não ressuscitou. Discordo, porém, de sua interpretação de que a aparição de Moisés, lá no Monte da Transfiguração, tratou-se de uma "visão", e não de uma aparição literal. Não existe a menor possibilidade de essa sua interpretação ser defendida, pois o contexto em que a palavra "visão" aparece, em Mateus 17.9, aliado aos 2 relatos paralelos de Marcos e Lucas, não a sustenta. Muito pelo contrário, essa análise mais ampla nos obriga a concluir que Jesus pronunciou a palavra "visão" para referir-se às coisas literais que os discípulos viram literalmente. Ou seja, Moisés (o espírito dele) apareceu literalmente naquele monte, uma vez que ele não ressuscitou ainda.

Antigamente eu também acreditava, ensinava e defendia que tudo aquilo que havia acontecido no Monte da Transfiguração tinha sido uma "visão". Contudo, fui convencido de meu equívoco em pensar dessa maneira após ler os estudos do irmão Paulo Sérgio de Araújo, no site dele (www.imortalidadedaalma.com). Dentro do cenário evangélico nacional, o irmão Paulo tem sido considerado a maior autoridade e o maior expositor do assunto imortalidade da alma. Eis o link que leva diretamente ao estudo no qual o irmão Paulo, que é batista, analisa detalhadamente a aparição de Moisés no Monte da Transfiguração: http://www.imortalidadedaalma.com/wp-content/uploads/O-falecido-Mois%C3%A9s-no-Monte-da-Transfigura%C3%A7%C3%A3o13.pdf

Para mim, esse estudo dele sepulta, de uma vez por todas, a idéia de que as coisas que aconteceram no Monte da Transfiguração foram uma visão mística ou arrebatamento de sentidos que os discípulos teriam recebido. Essa interpretação só é possível se a palavra "visão", além de ser retirada de seu contexto, ainda for interpretada sem levar em conta os outros relatos paralelos da transfiguração.

Um forte abraço, Diego.


Última edição por Luis Henrique em Seg Maio 23, 2011 7:56 pm, editado 1 vez(es)

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Sex Maio 27, 2011 9:13 pm

Luis Henrique escreveu:... não faria sentido algum Deus sepultar Moisés numa segunda-feira, por exemplo, unicamente para ressuscitá-lo na terça ou quarta, antes que seu corpo visse a corrupção.
E porque Deus deixou Cristo ser sepultado por três dias ?

A ressurreição não poderia ter acontecido no mesmo dia ?
Se Moisés ascendeu aos céus, como acreditam algumas pessoas, então por que Deus não levou Moisés logo para os céus, sem que ele precisasse morrer? Por que Deus faria com que Moisés morresse, caísse num estado de completa inexistência e, por fim, após 2 ou 3 dias depois, o trouxesse novamente à existência consciente? Por que não levá-lo imediatamente para os céus, sem que ele precisasse provar a morte, assim como Deus fez com Enoque e Elias?
Por que ? Por que ? Por que ?

Tenho algumas perguntas ainda mais intrigantes:

Por que Deus só escolheu Israel como luz para as nações ?
Por que Deus deixou bilhões de pessoas se perderem ?
Por que Cristo não encarnou na primeira geração, logo após a queda ?
Por que o juizo final não foi nessa época ?
Por que Cristo não voltou logo após sua ressureição ?

Se responder essas tenho outras.
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Prof. Azenilto em Sab Maio 28, 2011 9:20 pm

Olá, irmãos

Tenho umas considerações a fazer. A gente tem que ver o quadro completo de fatos sobre um determinado ponto. Fixar-se só numa questão sem considerar tudo o mais é um erro metodológico.

O fato é que há muitos aspectos a se levar em consideração. O detalhe da corrupção ou não-corrupção do corpo de Moisés NÃO É QUESTÃO DECISIVA.

Temos a declaração de que Miguel disputou com o diabo sobre o corpo de Moisés. Para que o diabo iria querer um mero cadáver? Devia ser, então, o corpo ressurreto dele.

Há a questão da "sessão espírita" inimaginável, sob a direção do próprio Cristo, em clara violação da lei divina (Deu. 18:9-12). Jesus não iria violar a lei do Pai, nem deixar esse terrível exemplo a Seus discípulos--de liberdade em comunicar-se com um morto.

Há o fato de que não poderia ser uma 'alma' de Moisés sobre o monte, pois a doutrina de que na morte prevalece uma 'alma' é antibíblica.

Há a declaração paulina de que "a morte durou de Adão até Moisés" (Rom. 5:14), que é uma clara digressão dele citando o episódio. Ele fazia isso algumas vezes, como em 1 Cor. 15:33 e 9:9--fala de coisas que aparentemente não têm ligação nenhuma com o que está discutindo.

E há os discípulos que claramente entenderam ser pessoas reais, pois queriam até armar tendas para Jesus, Elias e Moisés.

Enfim, não é correto fixar-se num ponto e teimar, teimar, teimar passando por alto todos os demais.

Prof. Azenilto

Mensagens : 4
Idade : 73
Inscrição : 28/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 29, 2011 1:31 pm

Eduardo escreveu:
Luis Henrique escreveu:... não faria sentido algum Deus sepultar Moisés numa segunda-feira, por exemplo, unicamente para ressuscitá-lo na terça ou quarta, antes que seu corpo visse a corrupção.
E porque Deus deixou Cristo ser sepultado por três dias ?

A ressurreição não poderia ter acontecido no mesmo dia ?
Se Moisés ascendeu aos céus, como acreditam algumas pessoas, então por que Deus não levou Moisés logo para os céus, sem que ele precisasse morrer? Por que Deus faria com que Moisés morresse, caísse num estado de completa inexistência e, por fim, após 2 ou 3 dias depois, o trouxesse novamente à existência consciente? Por que não levá-lo imediatamente para os céus, sem que ele precisasse provar a morte, assim como Deus fez com Enoque e Elias?
Por que ? Por que ? Por que ?

Tenho algumas perguntas ainda mais intrigantes:

Por que Deus só escolheu Israel como luz para as nações ?
Por que Deus deixou bilhões de pessoas se perderem ?
Por que Cristo não encarnou na primeira geração, logo após a queda ?
Por que o juizo final não foi nessa época ?
Por que Cristo não voltou logo após sua ressureição ?

Se responder essas tenho outras.

Eduardo, com relação à ressurreição de Cristo, a questão é que o próprio Cristo já havia predito que ressuscitaria ao 3º dia, e não no 1º, 2º ou 4º dia.

Com relação às 5 perguntas acima, a resposta é: "Não sei". Contudo, o mesmo não se dá com a suposta ressurreição de Moisés, pois não existe uma única promessa ou profecia de que Moisés seria ressuscitado dentre em breve. Muito pelo contrário, as evidências bíblicas são completamente a favor da idéia de que Moisés morreu e que seu corpo encontra-se, até hoje, numa sepultura de localização desconhecida.

Se Moisés ressuscitou no mesmo dia em que morreu (ou 2 ou 3 dias depois, antes que seu corpo visse a corrupção), então como responder às seguintes questões:

1. Se a intenção de Deus era ressuscitar Moisés no mesmo dia em que ele morresse, então por que Moisés ainda precisou morrer? Como diz o irmão Paulo Sérgio no estudo dele:

Por que Moisés ainda precisou morrer e ser sepultado, se o propósito do SENHOR era conduzi-lo às alturas dois ou três dias depois, antes que seu corpo se corrompesse? Será que Deus tão-somente queria que Seu servo sentisse o "gostinho" da morte, para que ele soubesse como que é ficar num estado de inconsciência, inexistência?

Enfim, por que Deus seria tão malvado com Moisés, anunciado-lhe o dia de sua morte, deixando-o morrer, somente para trazê-lo novamente à existência algumas horas depois?

2. Conforme o irmão Paulo, o próprio Deus disse que o corpo de Moisés teria o mesmo fim que o corpo de Arão, o que demonstra que Moisés não foi ressuscitado:

Os anúncios antecipados da morte de Moisés deram-se nos seguintes termos: “...então serás recolhido ao teu povo, assim como foi recolhido teu irmão Arão” (Nm 27.13); “E morre no monte ao qual subirás; e recolhe-te ao teu povo, como Arão teu irmão morreu no monte Hor, e se recolheu ao seu povo” (Dt 32.50). Deus foi claro em mostrar que Moisés morreria e seria recolhido ao seu povo da mesma forma que acontecera com Arão. Ora, será que Deus, por meio desses anúncios, queria que Moisés soubesse que seu cadáver, em breve, antes de entrar em corrupção, receberia um tratamento distinto do que foi concedido ao de Arão, como, por exemplo, seria ressuscitado? Absolutamente. Portanto, como que os ASD conciliam esses dois anúncios divinos com a revelação de EGW de que o corpo de Moisés não se corrompeu? Será que alegarão que o corpo de Arão também não viu a corrupção, pois foi igualmente ressuscitado por Deus?

3. Ainda acrescento que, se o corpo de Moisés não viu a corrupçãõ, como declara Ellen White, então por que a Bíblia, quando fala sobre um corpo que não veria a corrupção, diz isso apenas em relação ao corpo do Cristo? Isso não seria uma prova de que somente o corpo de Jesus não veria a corrupção, o que demonstra que o corpo de Moisés apodreceu na sepultura? Ou será que o fato de a Bíblia dizer isso apenas em relação ao corpo do Cristo não impede que outros corpos de mortos não tenham passado pela corrupção?

4. Há outro argumento do irmão Paulo que, julgo eu, é de importância fundamental para a questão da ressurreição de Moisés:

Em segundo lugar, existem textos mostrando que Jesus, e não Moisés, foi o primeiro homem a experimentar a ressurreição plena:

Isto é, que o Cristo devia padecer, e sendo o primeiro [gr. protos] da ressurreição dentre os mortos, devia anunciar a luz a este povo e aos gentios (At 26.23).

Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias [gr. aparche] dos que dormem (1Co 15.20).

E ele [Cristo] é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio [gr. arche] e o primogênito [gr. prototokos] dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência (Cl 1.18).

E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito [gr. prototokos] dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra (Ap 1.5).

Conforme esses versículos, Jesus foi o primeiro (e o único) homem a passar por uma ressurreição no sentido pleno do termo, cumprindo, assim, o que fora profetizado nas Escrituras (Sl 16.9, 10). Essa ressurreição ímpar era condição essencial para Seu reconhecimento como Senhor e Cristo (At 2.24-36).
A fim de que não restasse dúvida alguma sobre a singularidade desse milagre, percebam que os autores bíblicos lançaram mão de diferentes vocábulos: “primeiro [gr. protos]”, “primícias [gr. aparche]”, “princípio [gr. arche]” e “primogênito [gr. prototokos]”. Isso serve de resposta ao argumento de alguns ASD de que Jesus não teria sido o primeiro a experimentar uma ressurreição plena. Se protos, aparche, arche e prototokos são usados somente para a ressurreição do Cristo—porém nunca para as outras ressurreições relatadas na Bíblia, nem tampouco para a falsa ressurreição de Moisés—então é completamente absurdo e sem nexo afirmar que Moisés tenha passado por uma ressurreição plena antes de Jesus. Que sentido haveria em aplicar esses quatro vocábulos gregos apenas à ressurreição do Senhor, quando, na realidade, Ele teria sido o segundo a passar pela ressurreição plena? Se Jesus não foi o primeiro a passar por uma ressurreição plena, segue-se que Moisés é o “primeiro”, as “primícias”, o “princípio” e o “primogênito” dentre os mortos, o que contrariaria claramente aquilo que a Bíblia declara.
Logo, o emprego dessas palavras só faz sentido se entendermos que o milagre por que Jesus passou foi sem precedentes na história da humanidade. Sinceramente, se esses quatro vocábulos, juntos, não são claros e suficientes para nos comunicar que a ressurreição pela qual o Cristo passou foi (e é) sem igual, então pensamos que os escritores bíblicos, caso quisessem nos ensinar essa verdade, não encontrariam mais palavras na língua grega para tal
.

5. Em relação direta com isso que está escrito acima, eu gostaria de lhe fazer uma pergunta, Eduardo, com relação ao uso da palavra "primícias" em 1Co 15.20 ("Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias [gr. aparche] dos que dormem"):

Em sua opinião, o termo "primícias" refere-se à PRIMEIRA leva de alguma coisa? Por exemplo: nos dias do AT, um agricultor judeu fazia a colheita do trigo e, em seguida, separava as primícias para entregar ao SENHOR. Essas primícias separadas eram a primeira leva desse trigo? Ou eram a segunda, ou a terceira, ou a quarta leva desse trigo?

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 29, 2011 1:34 pm

Luis Henrique escreveu:Eduardo, com relação à ressurreição de Cristo, a questão é que o próprio Cristo já havia predito que ressuscitaria ao 3º dia, e não no 1º, 2º ou 4º dia.
E daí, predição nunca foi sinônimo de predestinação. Isso em nada muda o fato que os eventos são semelhantes e podem muito bem ter existido como de fato aconteceu.
Contudo, o mesmo não se dá com a suposta ressurreição de Moisés, pois não existe uma única promessa ou profecia de que Moisés seria ressuscitado dentre em breve.
Não há necessidade de profecia para tudo o que acontece.
Se Moisés ressuscitou no mesmo dia em que morreu (ou 2 ou 3 dias depois, antes que seu corpo visse a corrupção), então como responder às seguintes questões:
Você só gosta de fazer perguntas mas não de respondê-las não é? Ora se você tem o direito de não saber tudo eu também tenho.
Se a intenção de Deus era ressuscitar Moisés no mesmo dia em que ele morresse, então por que Moisés ainda precisou morrer?
Por que essa não era a intenção inicial de Deus. Talvez Deus tenha decidido isso depois da morte de Moisés. Um dia perguntarei isso a Ele.
Conforme o irmão Paulo, o próprio Deus disse que o corpo de Moisés teria o mesmo fim que o corpo de Arão, o que demonstra que Moisés não foi ressuscitado: ...
Aqueles versos dizem apenas que Moisés morreria. Não tenho nada contra, isso aconteceu. Nunca disse o contrário.
Ainda acrescento que, se o corpo de Moisés não viu a corrupçãõ, como declara Ellen White, então por que a Bíblia, quando fala sobre um corpo que não veria a corrupção, diz isso apenas em relação ao corpo do Cristo?
Já respondi isso. Por favor, pare de repetir a mesma pergunta. Isso é flood e quebra de regras do fórum. Se não está satisfeito procure outro fórum só não me faça perder tempo repetindo a mesma resposta. Essa afirmação não é restritiva, Cristo não foi o único cujo corpo não apodreceu, Elias e Enoque também não viram a corrupção. Quantas vezes mais você vai repetir esse mesmo argumento refutado ?
Em segundo lugar, existem textos mostrando que Jesus, e não Moisés, foi o primeiro homem a experimentar a ressurreição plena: Isto é, que o Cristo devia padecer, e sendo o primeiro [gr. protos] da ressurreição dentre os mortos, devia anunciar a luz a este povo e aos gentios (At 26.23).
De novo ?

Eu já respondi isso, da próxima vez vou deletar sua mensagem.

Cristo, feito "as primícias dos que dormem," não significa que fosse o primeiro da ressurreição, pois em outro texto semelhante a Tradução Brasileira reza: "seria Ele o primeiro que, pela ressurreição dos mortos, havia de anunciar a luz ao povo e aos gentios." Atos 26:23: "isto é, como o Cristo devia padecer, e como seria ele o primeiro que, pela ressurreição dos mortos, devia anunciar a luz a este povo e também aos gentios".

E Boomfield, em seu comentário pondera: "As palavras do texto podem ser traduzidas ‘depois da ressurreição dos mortos’ ou ‘pela ressurreição,’ sendo mais exata esta última."

Wakfield traduziu assim o passo: "Cristo sofreria a morte, e seria o primeiro a proclamar a salvação a Seu povo e aos gentios pela ressurreição dos mortos."


Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias [gr. aparche] dos que dormem (1Co 15.20)...
...
Em sua opinião, o termo "primícias" refere-se à PRIMEIRA leva de alguma coisa? Por exemplo: nos dias do AT, um agricultor judeu fazia a colheita do trigo e, em seguida, separava as primícias para entregar ao SENHOR. Essas primícias separadas eram a primeira leva desse trigo? Ou eram a segunda, ou a terceira, ou a quarta leva desse trigo?
De novo ?

Eu já respondi isso, da próxima vez vou deletar sua mensagem.

"Primícias" não está em relação com prioridade, mas com o símbolo. Relaciona-se com o molho movido que o sacerdote erguia na festa dos asmos, na dedicação dos primeiros frutos da colheita. Cristo era o Antitipo dos molhos, do mesmo modo como é chamado Cordeiro por ser Antitipo dos cordeiros do sacrificio, no ritual do santuário. Houve muitos cordeiros sacrificados antes dEle. Como Antitipo, Cristo é as primícias dos que dormem. Leia-se S. Tia. 1:18 e ver-se-á que também somos primícias. Tia. 1:18

18 "Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas".

Em Apoc. 14:4 se lê que os 144.000 são primícias também. E assim se desmantela mais uma ficção imortalista.

[Baseado em segmento da obra Subtilezas do Erro, de Arnaldo B. Christianini].
Apoc. 14:4

4 "Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro".

Mas eu creio que Cristo foi a primicia da segunda morte, o que nem um outro padeceu ainda.

Quando lemos que Cristo é a “primícia dos que dormem” (cf. 1Co.15:23), isso não significa que Cristo foi o primeiro a ressuscitar de todos os tempos de toda a história da humanidade, pois a Bíblia traz um relatório de várias pessoas que ressuscitaram antes dele (cf. 1 Reis 17:17-24; 2 Reis 4:25-37; Lucas 7:11-15; 8:41-56; Atos 9:36-41; 20:9-11), e não só fisicamente mas também em glorificação, como é o caso dos que ressuscitaram com a morte e ressurreição do próprio Cristo conforme descrição de Mateus 27:52-53.

“Primícias" não está no sentido de prioridade, mas com o símbolo. Está em relação ao molho movido que o sacerdote erguia na festa dos pães asmos, na dedicação dos primeiros frutos da colheita. Jesus era o antítipo dos molhos, da mesma maneira tal como como é chamado Cordeiro por ser antítipo dos cordeiros no ritual dos sacríficos da lei do AT. Isso, obviamente, não muda o fato de que houve muitos cordeiros sacrificados antes dele.

Como antítipo, Cristo é as primícias dos que dormem. Vemos vários exemplos disso nas Escrituras, como, por exemplo, em Tiago, que diz: “Por sua decisão ele nos gerou pela palavra da verdade, para que sejamos como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou” (cf. Tg.1:18). Obviamente em número nós não somos literalmente a primícia (o primeiro que Ele criou foi Adão), mas o somos no símbolo.

De igual modo, também lemos no Apocalipse: “Estes são os que não se contaminaram com mulheres, pois se conservaram castos e seguem o Cordeiro por onde quer que ele vá. Foram comprados dentre os homens e ofertados como primícias a Deus e ao Cordeiro” (cf. Ap.14:4). Estes com absoluta certeza não foram os primeiros a não tocarem em mulher (em toda a história da humanidade), mas mesmo assim são primícias por causa do símbolo, e não da prioridade.

De igual modo, Jesus foi o primeiro a ressuscistar no nosso tempo atual, o “Tempo da Graça”, e tronou-se o símbolo e garantia (penhor) da nossa própria ressurreição final (cf. 1Ts.4:13). Mas numericamente houve pessoas ressuscitadas antes deste tempo (cf. Jd.9; Rm.5:14; Mt.27:52,53; 1Rs.17:17-24; 2Rs.4:25-37; Lc.7:11-15; Lc.8:41-56; At.9:36-46; At.20:9).
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Luis Henrique em Dom Maio 29, 2011 2:16 pm

“...então serás recolhido ao teu povo, assim como foi recolhido teu irmão Arão” (Nm 27.13); “E morre no monte ao qual subirás; e recolhe-te ao teu povo, como Arão teu irmão morreu no monte Hor, e se recolheu ao seu povo” (Dt 32.50).

Essas declarações, proferidas pelo próprio Deus, deixam bem claro que o fim de Moisés seria igual ao fim do irmão dele, Arão. Não há brecha alguma, nessas palavras de Deus, para alguma ressurreição de Moisés que brevemente ocorreria. Moisés seria recolhido ao povo dele assim como havia acontecido com Arão. Se Arão morreu e seu corpo permanece sepultado até hoje, o mesmo aconteceu com Moisés.

Luis Henrique

Mensagens : 43
Idade : 37
Inscrição : 20/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Dom Maio 29, 2011 2:27 pm

Luis Henrique escreveu:“...então serás recolhido ao teu povo, assim como foi recolhido teu irmão Arão” (Nm 27.13); “E morre no monte ao qual subirás; e recolhe-te ao teu povo, como Arão teu irmão morreu no monte Hor, e se recolheu ao seu povo” (Dt 32.50)... Essas declarações, proferidas pelo próprio Deus, deixam bem claro que o fim de Moisés seria igual ao fim do irmão dele, Arão.
Deus só fala da morte. Ele não avança para o que veria depois. Os dois morreram da mesma forma. Cumpriu-se o que estava escrito. O fato de Moisés ressucitar não desmente as passagens acima. Não veja mais do que está escrito, a profecia era que ambos morreriam e isso aconteceu.
Moisés seria recolhido ao povo dele assim como havia acontecido com Arão.
Aqueles versos dizem apenas que Moisés morreria. Não tenho nada contra, isso aconteceu. Nunca disse o contrário.
Se Arão morreu e seu corpo permanece sepultado até hoje, o mesmo aconteceu com Moisés.
Deus falou apenas que ambos seriam recolhidos da mesma forma, isso aconteceu. Não determinação de tempo para a ressurreição dos dois. Nem se toca nesse assunto. Você está forçando a barra com inferências descabidas. Não coloque palavras na boca de Deus.


Última edição por Eduardo em Dom Maio 29, 2011 5:28 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Prof. Azenilto em Dom Maio 29, 2011 4:35 pm

Deus fez Moisés morrer para que o povo assim fosse informado. Não era propósito divino recolher Moisés sobrenaturalmente sem ver a morte, pois o povo não estaria preparado para algo dessa natureza. Tudo tem o seu tempo. . .

Então, segundo o processo natural de todos os mortais, Moisés experimentaria a morte. Mas Deus precisava dele nas cortes celestes, para Seus propósitos inexcrutáveis. Então, faz sentido tê-lo ressuscitado depois que o povo entendeu o seu fim, pela morte e sepultamento. O povo devia recordar daquele homem, e chorar pelo seu passamento. Se ele fosse logo tomado gloriosamente a repercussão seria diferente, e não tão eficaz segundo os propósitos divinos.

São também "deduções" a que podemos chegar quanto ao fato de o Senhor ter preferido esse 'processamento' da morte e ressurreição de Moisés.

E há todas as demais questões que eu assinalei no meu último quadro e para as quais ainda não vi resposta.

Prof. Azenilto

Mensagens : 4
Idade : 73
Inscrição : 28/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Ton em Sex Jun 03, 2011 8:25 pm

Luis Henrique escreveu:Discordo, porém, de sua interpretação de que a aparição de Moisés, lá no Monte da Transfiguração, tratou-se de uma "visão", e não de uma aparição literal. Não existe a menor possibilidade de essa sua interpretação ser defendida, pois o contexto em que a palavra "visão" aparece, em Mateus 17.9, aliado aos 2 relatos paralelos de Marcos e Lucas, não a sustenta. Muito pelo contrário, essa análise mais ampla nos obriga a concluir que Jesus pronunciou a palavra "visão" para referir-se às coisas literais que os discípulos viram literalmente. Ou seja, Moisés (o espírito dele) apareceu literalmente naquele monte, uma vez que ele não ressuscitou ainda.
Existe sim uma a possibilidade de que a Transfiguração foi uma Visão, pois não tem lógica alguma um "espírito" ser visto literalmente.

Note uma suposta aparição de um espírito, e o que Yeshua disse a respeito dos "espíritos":
"Falavam ainda estas coisas quando Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: Paz seja convosco! Eles, porém, surpresos e atemorizados, acreditavam estarem vendo um espírito. Mas ele lhes disse: Por que estais perturbados? E por que sobem dúvidas ao vosso coração? Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou Eu mesmo; apalpai-me e verificai, porque um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que Eu tenho" (Lc 24:36-39).

Uma visão termina 'relampagamente', como vemos nos relatos da Transfiguração, no momento em que o Pai termina de falar, e os discípulos veem Yeshua sozinho.

Ton

Mensagens : 16
Inscrição : 07/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Jefté em Qua Jun 08, 2011 11:19 am

Olá irmãos

Sou Jefté
Um cristão, amo ao meu Senhor, como também muitos aqui amam-no.
É um grande prazer poder compartilhar da fé e do caminho do Senhor c/ os irmãos!
Paz!

Sobre a questão de Moisés, tenho algumas colocações.
Não creio que Moisés tenha verdadeiramente morrido, devido a sua aparição ao Senhor no monte da transfiguração.
Embora o Velho Testamento tenha se referido a sua morte, no próprio capítulo também afirma que até hoje (época da escrita) não se tinha sabido onde era a sua sepultura. (Deut. 34:6)
Ora, isso já é indício de que algo diferente aconteceu, pois como o Velho Testamento sendo autorizado e guiado por Deus, faz essa observação?
Acaso no mesmo Velho Testamento não há explanações e esclarecimentos inúmeros de coisas espirituais e revelações que acontecem até no céu oculto aos nossos olhos ?
Por exemplo:
"Disse mais: Ouvi, pois, a palavra do SENHOR: Vi ao SENHOR assentado no seu trono, e todo o exército celestial em pé à sua mão direita, e à sua esquerda." (II Cron. 18:18 - I Re. 22:19)

"DISSE o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés." (Sal. 110:1)

Ora, nele (Velho Testamento) há acontecimentos espirituais impossíveis dos homens presenciarem, no entanto lhe foram revelados e a nós escritos.
E o sepultamento de Moisés (coisa simples) que deveria ser feito pelos seus contemporâneos que o acompanhavam (como aconteceu c/ os demais) - eles não ficaram sabendo e o próprio texto deixa-nos um mistério.
Como pode uma coisa tão comum ser oculta e notificada???
Porque só precisaria dizer que foi sepultado - porém é dito que ninguém soubera onde era a sua sepultura, e ficou isso notório.
Diante disso e do episódio da transfiguração no encontro do Senhor c/ Moisés e Elias (Elias foi trasladado, não morreu), e tudo indica que Moisés possa também ter sido, pois se morresse ficaria retido na morte, não podendo sair dela enquanto não se cumprisse a paga dos pecados pela morte de Cristo - sendo impossível que qualquer pecador ressuscitasse dos mortos - porquanto somente o Senhor na sua vinda, vida e morte sem pecado é que pagaria o pecado, trazendo-nos a ressurreição dos mortos p/ a vida eterna.
Só o Senhor poderia pagar, e só o Senhor podia RESSUSCITAR dos mortos, havendo de ser o PRIMEIRO da ressurreição. (I Cor. 15:20)
Isso também é notório (Mat. 27:50-53), no EXPIRAR Cristo na cruz Calvário - imediamente muitos corpos dos santos que dormiam foram ressuscitados (nota: no seu EXPIRAR), embora só saíssem dos sepulcros depois da ressurreição Dele ao terceiro dia.
Porque assim como Adão trouxe a morte - e sem o pecado ela não poderia existir - assim, só c/ a VITÓRIA de Cristo sobre o pecado na carne, morrendo imaculado - é que se poderia trazer a ressurreição dos mortos p/ a vida eterna. Amém!
Por isso mesmo é que o Senhor que é Deus trasladou Enoque e Elias vivos p/ não verem a morte - porquanto se morressem ficariam retidos na morte - pois ela é palavra de Deus ao pecador - e ninguém pode revogar a palavra de Deus.

Então diante de tudo isso, creio que o Novo Testamento é a Revelação de todas as coisas e de tudo o que está escrito no Velho Testamento.
E na verdade, também é revelação do que aconteceu c/ Moisés.
Pois apareceu ao Senhor vivo e em glória e lhe falava da Sua morte que haveria de suceder em Jerusalém - prova irrefutável de que vivia e já era celestial. (Luc. 9:30-31)

Assim creio!


Jefté

Mensagens : 6
Idade : 55
Inscrição : 08/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Eduardo em Sab Jun 11, 2011 12:56 pm

Desculpe-me pela demora, estava viajando... Quanto a sua tese, fico feliz que pelo menos você não acredita que foi a alma de Moisés que esteve no monte da transfiguração. Só não concordo com sua afirmação de que ninguém poderia ter ressucitado no velho testamento, pois a Bíblia traz um relatório de várias pessoas que ressuscitaram antes dele (cf. 1 Reis 17:17-24; 2 Reis 4:25-37; Lucas 7:11-15; 8:41-56; Atos 9:36-41; 20:9-11).
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 48
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Jefté em Sab Jun 11, 2011 11:11 pm

Olá querido Eduardo
Não estou dizendo da ressurreição que volta a morrer.
A ressurreição que você cita, essa não é nem foi a ressurreição do Senhor veio trazer, nem é a que vence a morte, pois nesse mundo tudo volta a morrer, p/ essa vida tudo será novamente tragado pela morte.

Falo da ressurreição que vence a morte - a que o Senhor trouxe, a qual só poderia existir mediante a vitória do Senhor como homem, em carne, sobre a carne do pecado.

Jesus disse:
"Eu sou a ressurreição e a vida, quem crê em mim ainda que esteja morto viverá, e quem vive e crê em mim nunca morrerá." (Jo. 11:25)

Ou essa:
"As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;" (Heb. 11:35)

Jefté

Mensagens : 6
Idade : 55
Inscrição : 08/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ressurreição de Moisés

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum