Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

Palavras chave

alma  jonas  virgens  jesus  secreto  bíblia  arca  criação  parabola  dilúvio  

SEU IP
IP

Não é só na empresa que se deve cuidar da aparência

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

21102010

Mensagem 

Não é só na empresa que se deve cuidar da aparência







Não é só na empresa que se deve cuidar da aparência


O assunto é barriga de fora em ambiente de trabalho. Nesse caso, só é válido se você for dançarina do ventre ou do É o Tcham! (que nem existe mais, eu acho). Só que, como você não trabalha no meio musical e sim em uma multinacional (adoro esse nome, acho poderoso), evite o modelo que evidencia além da conta. Por quê?

a. Todo mundo sabe que você tem umbigo. Mostrar para que se não é nenhuma novidade? Acredite: o seu umbigo não é especial e nem essencial à humanidade.

b. Se você está fora de forma, com barriga de quem come “dobradinha”, por favor, criatura, tenha bom senso. Nada de exibir suas adiposidades para colegas e chefes na empresa, afinal é uma empresa muito “shike”, não um açougue.

c. Esse item também dá uma conotação de vulgaridade. Parece que você quer seduzir alguém o tempo todo, isso vale também para as magras com barriga tanque que adoram se autoafirmar com o corpo tipo “como de tudo e não engordo um grama”. Ou aquelas com a antipática frase “Minha esteira é minha melhor amiga”.

d. Barriga de fora com o umbigo exibindo piercing é crime! Saias esvoaçantes, transparências e decote profundo... Pára tudo e chama a Nasa!

Gente, como diria o filósofo (aquele que não sei o nome), “a vida não é um show de banda Calypso, você não entendeu?” Saias tipo “Sarajane” (joga no Google), transparências que “dão pra contar os seus poros” e decotes “que fazem com que os boys percam a pouca concentração que têm” são inimigos cruéis do bom gosto no local de trabalho.

a. Se usar saia curta ou esvoaçante, seus colegas masculinos podem até achar bonito e divertido, mas depois, querida, você será jogada na fogueira das fofocas e será alvo de piadinhas na empresa. E isso arde, filha, ah se arde! Seus talentos e competência não estão nas suas pernas e sim no cérebro [...]

b. Na empresa, acho “shike” meia-calça (hoje tem de todos os tipos, mas não vá de arrastão, né) com saia até a altura dos joelhos. Transparência nem na alma.

Toda mulher quer se sentir linda, gostosa e tal, mas se você realmente for, naturalmente vão perceber. Sensualidade vem de dentro, não de fora. Depois, se um cliente avançar o sinal, quero ver a sua cara. Sabe por que, querida? As roupas falam... umas até berram!

Homens, homens, homens. Para homem tudo é tão fácil, né? E mesmo assim eles erram! Então serei curto como um café após um risoto de almoço, afinal, homens odeiam frescura... mas eu adoro!

1. Terno preto é lindo, mas se você tem caspas, evite. Aliás, trate da caspa. Economize duas semanas de cerveja e dê um fim à seborreia.

2. Gravatas com bichinhos da Disney, não. Gravatas tipo “eu surfo”, não. Gravatas com um tom só ou com listras discretas são as mais indicadas.

3. Sapato preto com meia branca, não. Aliás, sapato sempre com meias de tons escuros (preto, cinza, marrom escuro, azul marinho).

4. Cinto que orna com o sapato, ambos no “tom caramelo”, não. Pelo amor de Deus e a todos os santos da Bahia, não!

5. Pochete é pena de morte com tortura chinesa. Pochete não, pochete não, pochete não... E para garantir: Pochete não!

6. Jeans rasgados, não. Tênis lascado, não. Boné, não. Tattoo a mostra, não. Piercing, só se for no fígado, onde ninguém vê, não. Barba pra fazer, não. Base na unha, não. Unha com restos de graxa (ecaaa), não, não e não!

7. Camisa de manga curta com gravata... Você acha que é o Nahin? (joga no Google). Cafona. Isso ficou no tempo das bandas anos 80.

8. Camisa aberta com correntinha de ouro pendurada, tipo “minha proteção”, não. Não quero saber sua religião.

9. Por favor, desodorante sem cheiro para não brigar com o perfume, ou melhor, o desodorante e o perfume com a mesma fragância. Adoro! E como o sabonete também e a colônia de barbear, acho um luxo! Nada de mostrar “os seus três meses de academia” naquela camiseta “baby look”.

O cofrinho. Tem mulheres que tem cofrinho e outras com um verdadeiro “carro forte”. Em ambos os casos nada disso deve ser mostrado, até porque cofre que é cofre tem que ser guardado. O que você espera conseguir com o “cofrinho” aparecendo? Uma promoção, um aumento? Cuidado viu, colega... Às vezes, você pensa que está “abafando”, mas na verdade você é chacota de toda a firma.

Tão mais “shike” um terninho de corte reto, impecável, com o blazer seco junto ao corpo... Além de alongar a silhueta, ele é clássico e você pode ter um nas cores preto, azul marinho, creme, marrom brownie (para as loiras fica lindo). [...]

Nota: Recebi um e-mail com o texto acima, assinado por Christian Pior, pseudônimo do humorista Evandro Santo. Além de muito engraçado, faz pensar. O foco é o ambiente empresarial, mas o que poderia ser dito para aqueles que estão neste mundo como representantes de Cristo. Vamos falar sério, agora. A Bíblia diz que o cristão é uma carta viva, “conhecida e lida por todos os homens” (2Co 3:2). Que tipo de leitura as pessoas fazem de você e de suas convicções a partir de seu vestuário e seu comportamento? Que mensagem você está dando ao mundo? Como outdoors de Deus, devemos levar a sério esse assunto.[MB]

Leia também: "Importa realmente o que vestimos?" e "Calças justas podem prejudicar a saúde"
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum