Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

Forte apoio árabe ao novo canal de TV Adventista

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

09032011

Mensagem 

Forte apoio árabe ao novo canal de TV Adventista







Forte apoio árabe ao novo canal de TV Adventista


Enquanto tumultos políticos e sociais atingem parte do Médio Oriente e Norte de África, outra força parece estar a provocar impacto nos corações e mentes do mundo de língua árabe. Funcionando no mesmo satélite que o Hope Channel Europe, os programas em árabe do Al Waad Media Centre em Beirute, Líbano, testemunharam um fenómeno extraordinário pouco depois do lançamento das suas transmissões.

E ao ter o Departamento de Audiências testemunhado um incremento no número de e-mails recebidos e entradas no website da Al Waad, algo ainda mais inesperado está a suceder.


Os espetadores ficaram tão entusiasmados com este novo canal cristão, que muitos deles começaram a divulgar o Al Waad nos seus próprios websites. "Para minha maior surpresa, encontrei muitos editores de websites que assistiram ao Al Waad na televisão e estão a promover o canal nos seus próprios websites. Eles colocaram imagens das transmissões, ligações para o nosso website, os parâmetros de frequência para se encontrar o Al Waad, e escreveram recomendações sobre o conteúdo deste canal", disse Tawfik Megally, Diretor de Audiências do Al Waad Media Centre.


Os websites que estão a encorajar as pessoas a assistirem ao Al Waad não são Adventistas; alguns deles são ortodoxos coptas, mas a maioria é gerida por pessoas muçulmanas. "Eu fiquei espantado que o lançamento do Al Waad tenha provocado tamanho impacto aqui no Médio Oriente. O Al Waad está a ser partilhado de boca a boca, por vários websites, membros da igreja, e-mail e muito mais", acrescentou Magally.


O Médio Oriente e o Norte de África estão a experimentar um tempo de mudança sem precedentes. As ondas de liberdade estão a varrer a região. Parece que este pode ser um tempo amadurecido para a Igreja Adventista partilhar a sua mensagem de esperança com as pessoas de mundo árabe.


Fonte: Igreja Adventista no Reino Unido e Irlanda do Norte (negritos meus para destaque)


No meio da alegria e alguma emoção ao ler esta notícia, não evito recuperar um excerto de algo que publiquei no passado dia 30 de janeiro, a propósito das mudanças que já aconteciam nesta região:


"Para nós Adventistas, isto não é apenas constatação. Passo a explicar as razões.

Como referi atrás, após a queda do muro de Berlim e derrube do obstáculo comunista à pregação evangélica nesses países, o trabalho missionário foi facilitado porque durante os anos anteriores à queda dos regimes, a rádio penetrou até esses lugares, preparando o caminho. Quando os nossos obreiros lá chegaram, era como se milhares tivessem estado ansiosamente aguardando a sua chegada no secretismo a que se obrigavam.

Pois bem, em dezembro passado, a televisão Adventista iniciou as emissões do Hope Channel NAME, um canal destinado ao público do norte de Àfrica e Médio Oriente, com programas em turco, farsi e árabe! Desta vez, onde é difícil (ou mesmo impossível) chegarem homens e livros, não se poderão impedir as ondas da televisão de avançarem!

Por isso, estas mudanças que começaram a desenhar-se nestes países árabes, poderão ser (a História o dirá, talvez em breve) mais um passo no cumprimento profético de Apocalipse 13: ou seja, o 'como' e 'quando' da americanização do mundo árabe, ao mesmo tempo que serão abertas oportunidades de evangelismo sem precedentes nesta região."
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum