Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

Palavras chave

alma  arca  secreto  parabola  virgens  bíblia  criação  jonas  dilúvio  jesus  

SEU IP
IP

Livros e filmes afetam dinâmica do cérebro adolescente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

26032011

Mensagem 

Livros e filmes afetam dinâmica do cérebro adolescente




Livros e filmes afetam dinâmica do cérebro adolescente


Segundo os cientistas, a literatura afeta o cérebro dos jovens, mas eles ainda não sabem exatamente como. O que eles sabem é que, definitivamente, as mentes dos adolescentes são mais suscetíveis a influências do que a dos adultos – tanto a partir de outras pessoas e experiências, como a partir de livros, filmes e músicas. Por exemplo, a nova febre entre os adolescentes, a saga “Crepúsculo”, exibida tanto em forma de livros como filmes, poderia estar afetando o funcionamento dinâmico do cérebro adolescente em formas que os cientistas ainda não entendem. Segundo eles, algumas novas descobertas identificaram manchas no cérebro que respondem à literatura e à arte. Educadores, cientistas e autores estão se reunindo na Inglaterra justamente para discutir de que forma esses livros e filmes estão afetando as mentes dos adolescentes. Ao longo da última década, os pesquisadores descobriram que o cérebro adolescente processa as informações diferentemente do cérebro mais maduro. Ele é mais propenso a responder a situações emocionalmente, e menos propenso a considerar as consequências por antecipação racional.

Isso porque na adolescência o córtex pré-frontal, a parte do cérebro responsável pelo raciocínio e avaliação de risco, passa por um surto de crescimento pouco antes da puberdade, seguido por um período de organização e de supressão das vias neurais.

Os pesquisadores também debateram o impacto das obras nos adolescentes, psicologicamente falando. A série “Crepúsculo” tem como protagonistas o casal Bella e Edward. A história é de uma adolescente que se apaixona por um vampiro “muito mais velho”. Alguns críticos alegam que a passividade de Bella, e a mensagem de abstinência até o casamento, são anti-feministas. A argumentação é de que a história propaga valores muito conservadores que de modo algum endossam o pensamento independente, o desenvolvimento pessoal ou a posição da mulher como uma criatura independente.

Os pesquisadores estão interessados em entender o apelo dessas obras obscuras nas mentes dos jovens, e porque eles são especialmente cativados por histórias com vampiros, zumbis e temas pós-apocalípticos. [Olha o (des)preparo das últimas gerações aí!]

Os críticos também alegam que os autores de livros destinados a adolescentes devem ter uma responsabilidade moral de incluir positividade e esperança em suas obras. Segundo eles, o mundo precisa estar ciente do quanto os jovens são influenciados por aquilo que leem ou assistem, e se eles leem livros onde não há esperança em nada, isso pode ser prejudicial. [E o oferecimento de falsas esperanças, não é prejudicial?]

O encontro e a discussão dos pesquisadores é apenas um marco desses estudos inicias da mente jovem e sua interação com a literatura.

(Hypescience)

Nota: Esse é mais um sinal de alerta para os pais que se preocupam com a formação do caráter dos filhos. Crianças e adolescentes são mais influenciáveis e as memórias emocionais adquiridas nessa fase da vida frequentemente nos acompanham pelo resto de nossos dias. Por isso, é preciso ter critérios bem estabelecidos na seleção dos livros, revistas e filmes que penetram nosso lar e nossa mente. Curiosamente, o que preocupa em “Crepúsculo” (pelo menos na ótica dos pesquisadores) é o anti-feminismo. Isso é “boi de piranha”; desvio de atenção. O inimigo de Deus coloca esses elementos de distração para que ninguém se dê conta do mal maior, no caso, o satanismo da obra. O que dizer do anti-cristianismo e do pró-vampirismo? Isso não surpreende os pesquisadores? Ponto para Satanás, infelizmente.[MB]
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum