Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

Participação em atividades religiosas se associou a menor chance de suicídio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

30042012

Mensagem 

Participação em atividades religiosas se associou a menor chance de suicídio




O livro: “Suicídio – Estudos Fundamentais”, editado por Alexandrina M. A. da Silva MELEIRO, Chei Tung TENG e Yuan Pang WANG representa uma importante contribuição no debate acerca do suicídio. Um dos seus doze capítulos trata do suicídio e sua relação com as questões da religião e do exercício da religiosidade. O capítulo escrito por Alexander Moreira de Almeida apresenta uma revisão das pesquisas realizadas em torno do tema “Religião e Comportamento Suicida” e conclui que:


--- "Faz-se mister uma maior atenção às variáveis relacionadas à religiosidade nos estudos sobre o suicídio, bem como na prática clínica, pois ela tem se mostrado um importante fator protetor contra atos suicidas, embora ainda restem muitas questões a serem respondidas por futuras pesquisas."
http://psicologiadareligiao.wordpress.com/2008/03/17/consideracoes-acerca-do-suicidio-suicidio-religiao-e-religiosidade/

Nisbet et al. (2000) estudaram 584 suicídios e 4279 mortes naturais em norte-americanos com mais de 50 anos. Encontraram que a participação em atividades religiosas se associou a menor chance de suicídio, mesmo após controlar para interações sociais com amigos e parentes. A razão de chances ("odds ratio") para quem nunca participava de atividades religiosas foi de 4,3 em relação aos que participavam diariamente. Ou seja, não freqüentar atividades religiosas esteve associado a um risco de suicídio quatro vezes maior em relação aos que freqüentam diariamente.

Um modo pelo qual a religião pode proteger contra o suicídio é a chamada dissonância cognitiva, ou seja, o quanto as crenças religiosas são incompatíveis com idéias suicidas, gerando uma menor admissibilidade do comportamento suicida (Hoelter, 1979). A tolerância ao suicídio pode ser o mediador entre as crenças religiosas e o risco de comportamento suicida (Stack, 1991). Há evidências de que indivíduos com maior tolerância ao suicídio têm maior risco de comportamento suicida (Bagley, 1989). A grande maioria das religiões desaprova energicamente o suicídio, desde as ocidentais ao hinduísmo e islamismo (Bathia, 2002).

http://www.hoje.org.br/site/arq/artigos/20050401-es-draa-ReligiaoSuicidio.pdf


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na LEI e nos PROFETAS" (Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum