Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

Palavras chave

dilúvio  virgens  jonas  parabola  bíblia  arca  secreto  criação  alma  jesus  

SEU IP
IP

O Prisma de Taylor e o Prisma de Senaqueribe

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

11062012

Mensagem 

O Prisma de Taylor e o Prisma de Senaqueribe





Clique aqui para acessar o original no Museu Britânico

O Prisma de Taylor e o Prisma de Senaqueribe são dois vasos de barro distintos em formato de prisma inscritos ambos com o mesmo texto em acadiano.

O Prisma de Senaqueribe se encontra no Instituto Oriental de Chicago – EUA, e foi adquirido em 1919 por J. H. Breasted em nome do Instituto. O de Taylor está no Museu Britânico, e foi descoberto em Níneve e adquirido em 1830 pelo Coronel R. Taylor, Cônsul Geral Britânico em Bagdá e vendido posteriormente por sua viúva ao Museu Britânico em 1855. É daí que vem o seu nome. Ambos registram os primeiros oito anos de campanha do rei assírio Senaqueribe.

Têm para nós um especial interesse, pois reporta a guerra assíria contra as cidades de Judá, e particularmente a tentativa fracassada de se apossar de Jerusalém. Nesta campanha Senaqueribe destaca a destruição de 46 cidades de Judá além da deportação de 200.150 pessoas (SIC) para a Assíria.

Vejamos um pequeno trecho deste documento. A íntegra do documento traduzido para o idioma inglês por Daniel LUCKENBILL pode ser encontrada no seguinte endereço eletrônico:

http://www.kchanson.com/ANCDOCS/meso/sennprism1.html

“Quanto a Ezequias, o judeu, que não se submeteu a meu jugo: quarenta e seis cidades fortes, cidades muradas, bem como as cidades pequenas naquela área, as quais eram sem número, com aríetes e catapultas, e com ataques por minas, túneis e retaguarda eu sitiei e lhes tomei duzentas mil e cento e cinqüenta pessoas, grandes e pequenos, homens e mulheres, mulas e jumentos, camelos, gado e ovelhas sem número eu tomei e contei como espólio.

O próprio Ezequias, como um pássaro numa gaiola, fechou-se em Jerusalém, sua cidade real. Suas cidades, as quais eu espoliei, cortei de sua terra e a Mitinti, rei de Ashdod, Padi, rei de Ekron, e Silli-bêl, rei de Gaza, as dei. E assim diminuí sua terra. Aumentei o antigo tributo.

Veio sobre Ezequias o terror de minha majestade e os árabes e suas tropas mercenárias que ele trouxe para fortificar Jerusalém, sua cidade real, desertaram. Além dos trinta talentos de ouro e oitocentos talentos de prata, gemas antimônio, jóias, grandes cornélias, móveis incrustados de marfim, peles e presas de elefante, ébano, caixas de madeira, toda a espécie de tesouro, bem como suas filhas, seu harém, seus músicos, os quais trouxe a mim em Níneve, minha cidade real, para pagar tributos e aceitar a servidão ele enviou seus mensageiros.” (Prisma de Senaqueribe)

Conforme se ve, Senaqueribe exagerou um pouco nas tintas, pois além de não controlar Jerusalém, foi obrigado a retornar a Níneve onde foi morto pelos próprios filhos (2 Rs 19:35-37).


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na LEI e nos PROFETAS" (Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum