Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

Os "Bombeiros" da Graça

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

08072010

Mensagem 

Os "Bombeiros" da Graça






Há alguns dias, um importante líder aqui da região estava pregando sobre o relato da mulher samaritana de João 4, em uma de nossas maiores congregações locais. O objetivo principal do sermão era mostrar o quanto Jesus Se interessa pelos seres humanos, ao ponto de passar por uma cidade apenas para encontrar-Se com uma mulher que necessitava de Sua graça libertadora.

Dentre as frases que o pregador usou, algumas chamavam a atenção pelo poder que continham:

"Para Jesus, o mais importante são as pessoas".

"Para Ele, não importa o que você é, qual seu passado, qual sua derrota de vida. Jesus quer te libertar e dar uma nova vida".

"A Igreja deve ser um verdadeiro exército de 'bombeiros', que não temem em entrar no fogo desta vida para resgatar uma alma necessitada de ajuda".

E algumas outras mais...

Porém, esta analogia que ele fez entre o trabalho da Igreja com o trabalho dos Bombeiros, conhecidos como "anjos humanos", por darem suas vidas para salvar a outros, me chamou a atenção mais profundamente.

Eu fiquei me perguntando:

- Temos, mesmo, tanto interesse pelas pessoas? Por salvá-las das garras do fogo do diabo?

- Como Igreja, os Adventistas são mesmo tão preocupados com aqueles que cometem erros e são derrotados em sua caminhada, assim como aquela samaritana?

- É mesmo uma realidade este amor tão profundo que nos leve a buscar nosso "irmão", custe o que custar de nossa parte?

Como frases de efeito, em um eloquente sermão, as declarações feitas pelo eminente pregador podem ser muito bonitas, mas a pregação não pode JAMAIS estar desvinculada com a prática, a começar pela vida do próprio pregador!

Tenho recebido e-mails, conversado pessoalmente, ouvido declarações, visto exemplos, vivido realidades... de pessoas que estão profundamente desapontadas com a "organização" Adventista, exatemente pelo fato de que nossa pregação não parece muito harmonizada com a realidade da maioria de nossas igrejas e instituições. Temos uma doutrina inabalável, por ser toda ela amparada no "Assim diz o Senhor", mas parece que não a estamos utilizando da maneira como devíamos fazer.

Quantas vezes temos visto pessoas serem massacradas, desprezadas e colocadas para "escanteio" por seus "irmãos", depois de cometerem erros e serem disciplinadas pela Igreja, por exemplo! Como disse um outro líder, somos o único exército da Terra que "abandona seus feridos no campo de batalha". Isso mesmo... abandona!

Não é isso o que fazem os Bombeiros, os "soldados do fogo"! Eles podem até morrer agarrados àqueles a quem precisam salvar, mas não os abandonam NUNCA.

Como disse o pregador mencionado no início deste texto, Jesus passou por Samaria porque era "necessário" (cf. Jo 4:4) que Ele tivesse aquele encontro com a mulher. Ele sabia de sua história de sucessivos adultérios, mas isso não O impediu de aproximar-Se dela, iniciar um diálogo amistoso e oferecer-Lhe a "Água da Vida". Ele, sim, era um verdadeiro "Bombeiro da Graça", pois ia onde fosse necessário (mesmo em Samaria!) para resgatar uma alma sedenta de perdão, compreensão, amor e graça.

Enquanto alguns líderes estiverem mais preocupados em correr atrás das "fichas batismais", do que sentarem com suas ovelhas para "sentirem seu cheiro" e colocar "óleo em suas feridas"...

Enquanto Comissões se reunirem com o único objetivo de determinarem regras e mandamentozinhos, ou dilacerarem a "carne dos irmãos", através de processos disciplinares humilhantes, hipócritas e cruéis...

Enquanto professores se reunirem com suas classes apenas para cumprirem uma obrigação semanal, sem se preocuparem em visitá-las, orar com elas e amá-las durante a semana...

Enquanto preferirmos gastar os recursos financeiros da igreja exclusivamente na promoção de templos luxuosos, sedes administrativas imponentes, eventos pirotécnicos... e não focarmos na missão principal da Igreja de Deus nestes últimos dias...

Enquanto continuarmos desprezando e "esquecendo" nossos ex-irmãos que erraram, e não lhe dermos a verdadeira oportunidade de se restaurarem e voltarem ao rebanho de Deus, através de um ambiente de amor, aceitação e perdão...

Enquanto sentarmos, a cada sábado, com as nossas melhores roupas em bancos confortáveis, mas não nos preocuparmos se aquele que está sentado ao nosso lado terá o que comer ao chegar em casa com sua família...

... não poderemos nos comparar aos valorosos "Heróis do Fogo", pois eles não merecem tal comparação.

Creio, com toda convicção, de que a Igreja precisa repensar sua maneira de tratar com o pecado, odiando-o, mas amando profundamente o pecador. Não há como ser um "exemplo de Cristo" de forma diferente, pois Ele, o Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador, abomina o pecado em qualquer de suas formas e "graus", mas AMA INCONDICIONALMENTE O PECADOR, por quem Ele deu Sua vida preciosa.

Você está disposto(a) a iniciar esta "reforma" de vida, e olhar para as pessoas (todas elas) como seus "vizinhos" no Reino Eterno?

Penso que na Nova Terra não haverão "bairros"...

"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros" (Jo 13:35).




avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum