Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

Bispos europeus querem proteger o Domingo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Carlstadt em Sex Mar 05, 2010 6:24 pm

Bispos europeus querem proteger o Domingo

O Parlamento Europeu, em Bruxelas, receberá no próximo dia 24 de Março uma conferência para relançar o debate sobre a protecção do Domingo.

O encontro é organizado pelos deputados Thomas Mann (Partido Popular Europeu) e Patrizia Toia (Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas) e pela Fundação Konrad Adenauer. A iniciativa é apoiada por sindicatos europeus, organizações da sociedade civil e Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (COMECE).

A sessão contará com as intervenções do novo comissário do Emprego e Assuntos Sociais, László Andor, e de especialistas e deputados.

A Comissão Europeia deverá apresentar proximamente um novo projecto de directiva referente ao tempo de trabalho. Na sua versão original (1993), o documento referia que o Domingo seria, “em princípio”, o dia de repouso semanal.

A menção foi retirada em 1996 pelo Tribunal de Justiça Europeu porque o legislador não provou o nexo entre o dia de descanso e a protecção da saúde dos trabalhadores.

A COMECE defende que "um dia de repouso semanal comum" a toda a sociedade permite que as famílias se encontrem e que os cidadãos se dediquem a actividades culturais, espirituais e sociais.

O Domingo, acrescenta a Comissão das Conferências Episcopais, permite manter a coesão das sociedades, sendo por isso "um elemento precioso que convém reabilitar como pilar do modelo social europeu".

Fonte: Ecclesia


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo
ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto esta escrito na LEI
e nos PROFETAS"
(Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Carlstadt
Administrador
Administrador

Mensagens : 1031
Idade : 41
Inscrição : 19/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Carlstadt em Qui Mar 25, 2010 10:25 pm

Bispos e sindicatos querem descanso dominical




Uma conferência para relançar o debate sobre a protecção do Domingo decorre hoje no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Uma iniciativa que é apoiada por sindicatos europeus, organizações da sociedade civil e pela Comissão das Conferencias Episcopais da União Europeia, (COMECE) que defende um dia de repouso semanal comum a toda a sociedade, para que as famílias possam conviver e reunir-se.

Para este organismo, o Domingo é um elemento precioso, que convém reabilitar como pilar do modelo social europeu.

Entretanto, a Comissão Europeia deverá apresentar proximamente um novo projecto de directiva referente ao tempo de trabalho. Na sua versão original de 1993, o documento referia que o Domingo seria, em princípio, o dia de repouso semanal.

Um dia que, para o Bispo Coadjutor de Vila Real, D. Amândio Tomás, deveria ser dedicado à família e nunca ao trabalho

“Creio que o Domingo é um pilar do tecido social da Europa. É muito conveniente para as pessoas terem um dia em que as famílias se encontrem, se entre ajudem, dialoguem, se entreguem a actividades lúdicas, por exemplo. A sociedade precisa de um tempo comum para os diferentes membros da família se encontrarem. Se um dos pais trabalha ao Domingo, é evidente que não se encontram, o que dá lugar a autênticos dramas”, acredita o Bispo.

Fonte - Renascença



Poderá também gostar de:




"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo
ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto esta escrito na LEI
e nos PROFETAS"
(Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Carlstadt
Administrador
Administrador

Mensagens : 1031
Idade : 41
Inscrição : 19/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Carlstadt em Seg Mar 29, 2010 8:43 pm

Reproduzo abaixo um e-mail recebido da NARLA, sigla em inglês da Associação Norte-Americana de Liberdade Religiosa, ligada ao Depto. de Relações Públicas e Liberdade Religiosa da Igreja Adventista do Sétimo Dia, que trata dessa reunião na Europa sobre legislação dominical:



O Movimento ‘Domingo Sem Trabalho’ Se Organiza na Europa

Um “Domingo Sem trabalho” e a necessidade da legislação para fazer vigorar o conceito foi o tópico de uma conferência realizada esta semana em Bruxelas, Bélgica. No ano passado o Parlamento Europeu rejeitou tal tentativa. Esta conferência vem como uma resposta. É só o começo de um movimento mais estratégico para revitalizar a discussão de domingos isentos de trabalho. Daniela Weichhold assistiu à conferência e informa que Andor László, o novo Comissário de Emprego e Assuntos Sociais [da comunidade europeia], viu a conferência como “um novo capítulo”. Como Weichhold assinala, a Comissão da UE ainda pode pôr em execução o procedimento legislativo mesmo se ele falhar. Há agora uma tentativa séria de convencer os corações e mentes dos europeus de que a legislação em prol do domingo é necessária para a saúde de todos os cidadãos.

A conferência foi organizada por um número de sindicatos, partidos políticos, bispos da Igreja Católica, e Igrejas protestantes inclusive a Batista, Metodista, a Igreja da Inglaterra, e evangélicos luteranos. O web site de apoio www.workfreesunday.eu alega: “Mais do que qualquer outro dia da semana um domingo livre serve ao objetivo de reconciliar a vida de família e trabalho: Sendo que creches infantis, escolas e universidades são normalmente fechadas aos domingos, os pais e seus filhos podem passar tempo juntos. Além disso, o domingo é o dia de descansa semanal de crianças e adolescentes segundo a lei da UE. . . . Se o pai tiver o dia de descanso semanal segunda-feira, a mãe quarta-feira e os filhos no domingo, cria-se uma situação que é contrária ao objetivo de estabelecer uma reconciliação de vida de família e trabalho”.

Karel Nowak, diretor do Departamento Relações Públicas e Liberdade Religioso da divisão de Euro-África dos Adventistas do Sétimo Dia e secretário-geral da Associação Internacional da Defesa da Liberdade Religiosa esteve também presente à Conferência. Ele levantou a pergunta sobre como esta nova legislação proposta protegeria minorias que guardam outro dia que não o domingo. Como Weichhold acentuou, ele não obteve uma resposta.

“Conquanto vigorosamente apoiemos o direito de descansar”, afirma John Graz diretor do Departamento de Relações Públicas e Liberdade Religiosa da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia, “acreditamos que o indivíduo deve ter permissão para escolher em que dias descansar--não o Estado em cooperação com igrejas. Vemos este movimento como um grave perigo à liberdade religiosa”.

“Os adventistas do sétimo dia há muito têm incentivado seus membros a manter um dia de descanso semanal, como ordenado pelos Dez Mandamentos - o sábado, como praticado pela Igreja cristã primitiva”, afirma Barry Bussey que representa a Igreja Adventista junto ao Governo dos Estados Unidos. “Ao longo da história temos visto que essas tentativas de usar regulamentação estatal para forçar uma determinada interpretação do mandamento do sábado. Este não é papel do Estado – no final de contas isso causará dificuldades às minorias confessionais que não aceitam a regulamentação da maioria quanto a um dia de descanso”.

“Continuaremos acompanhando a situação”, declara James Standish, que chefia o escritório de Relações da Igreja Adventista junto à ONU. “Este é um movimento perturbador. Agora é tempo para que nós como um povo compartilhemos com outros a importância de manter a liberdade religiosa de todos os cidadãos”.


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo
ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto esta escrito na LEI
e nos PROFETAS"
(Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Carlstadt
Administrador
Administrador

Mensagens : 1031
Idade : 41
Inscrição : 19/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Carlstadt em Seg Mar 29, 2010 8:45 pm







Lei Dominical está borbulhando...
http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=95&did=96828

Uma conferência para relançar o debate sobre a protecção do Domingo decorre hoje no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Uma iniciativa que é apoiada por sindicatos europeus, organizações da sociedade civil e pela Comissão das Conferencias Episcopais da União Europeia, (COMECE) que defende um dia de repouso semanal comum a toda a sociedade, para que as famílias possam conviver e reunir-se.

Para este organismo, o Domingo é um elemento precioso, que convém reabilitar como pilar do modelo social europeu.

Entretanto, a Comissão Europeia deverá apresentar proximamente um novo projecto de directiva referente ao tempo de trabalho. Na sua versão original de 1993, o documento referia que o Domingo seria, em princípio, o dia de repouso semanal.

Um dia que, para o Bispo Coadjutor de Vila Real, D. Amândio Tomás, deveria ser dedicado à família e nunca ao trabalho

“Creio que o Domingo é um pilar do tecido social da Europa. É muito conveniente para as pessoas terem um dia em que as famílias se encontrem, se entre ajudem, dialoguem, se entreguem a actividades lúdicas, por exemplo. A sociedade precisa de um tempo comum para os diferentes membros da família se encontrarem. Se um dos pais trabalha ao Domingo, é evidente que não se encontram, o que dá lugar a autênticos dramas”, acredita o Bispo.
_____________________________________________

http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=362738

Bruxelas, 09 mar (RV) - Membros do Parlamento Europeu junto com a fundação Konrad-Adenauer anunciaram uma conferência na qual se tratará o tema do trabalho aos domingos. Diversos estudos e normas em vigor assinalam este dia como o dia de descanso, necessário inclusive para a saúde das pessoas.

A conferência, que será realizada em 24 de março no Parlamento Europeu em Bruxelas, foi apoiada por várias uniões européias de comércio, como também por organizações da sociedade civil e pela Igreja Católica. O Comissário para o Trabalho e Assuntos Sociais da União Européia, László Andor, estará presente junto com diversos peritos do Parlamento Europeu.

Em 1993, a Comissão Européia expôs a “Diretiva de Tempo de Trabalho”, na qual se estipulava que o “domingo” deveria ser o dia livre da semana para os trabalhadores europeus. Logo, em 1996 a diretiva foi retraída pela Corte de Justiça Européia por “não haver uma relação direta entre o dia livre e a saúde dos trabalhadores”.

Recentes estudos demonstraram que existe uma relação direta entre a saúde e o dia livre; além disso, um dia livre comum para toda a sociedade permite aos trabalhadores passar mais tempo com a família, ou a dedicar mais tempo a atividades culturais, espirituais ou sociais.

Um dia livre durante a semana serve para reforçar a coesão social das sociedades, a qual diminuiu devido à crise econômica. O descanso do dia de domingo deveria ser considerado como um pilar para o modelo social europeu. (SP)


____________________________________________

http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?&id=78171

____________________________________________

http://www.thetrumpet.com/index.php?q=6782.5295.0.0

Alemanha já está no embalo!


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo
ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto esta escrito na LEI
e nos PROFETAS"
(Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Carlstadt
Administrador
Administrador

Mensagens : 1031
Idade : 41
Inscrição : 19/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Diego em Ter Mar 30, 2010 5:59 pm

Shalom Convidado

Acho isso tudo muito triste, a sociedade religiosa e corrupta, os sepulcros caiados a qual Jesus já se referia, tem por mania julgar e atear ao fogo os sabatistas, quando na verdade esses é quem cumprem o Mandamento do Eterno, enquanto os "religiosos" ficam com suas interpretâncias de sei lá onde. Se baseando no além para fazerem do domingo o dia de culto, ao certo não seria tão no além assim, mas nas práticas pagãs dos deuses que servem incultamente quando zelam por essa prática.

Contra esses já houvera Deus profetizado:

E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo. (Dn 7:25)

Shalom Adonay!
avatar
Diego

Mensagens : 27
Idade : 34
Inscrição : 11/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Carlstadt em Ter Mar 30, 2010 6:25 pm

Sábias palavras, Diego.

Seja bem vindo e que Deus o abençoe.


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo
ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto esta escrito na LEI
e nos PROFETAS"
(Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Carlstadt
Administrador
Administrador

Mensagens : 1031
Idade : 41
Inscrição : 19/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Diego em Ter Mar 30, 2010 6:42 pm

Ronaldo escreveu:Sábias palavras, Diego.

Seja bem vindo e que Deus o abençoe.

Shalom Ronaldo...

Obrigado pela recépção.

Pela Graça multiforme de Deus fui instruido assim pela sua Torah, a Glória portanto seja Dele.

Espero aprender com os irmãos Adventistas o qual tenho enorme simpátia e amor.

E de fato a tempos vem sendo assim, a começar por onde estudei desde a mocidade, e por fim agora nesse fórum.
Não sou adventista no (âmbito da religião), sou Judeu Messiânico e diante mão deixo claro que as diferenças não existem. Pois nem poderia haver, há apenas um só Deus um só Messias e uma só Torah, portanto apenas um entedimento ( I Cor 1:10) mediante ao Ruach HaKodesh (Espírito Santo).

Shalom Adonay.
avatar
Diego

Mensagens : 27
Idade : 34
Inscrição : 11/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bispos europeus querem proteger o Domingo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum