Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

Palavras chave

dilúvio  criação  jonas  jesus  arca  alma  bíblia  

SEU IP
IP

Adorando a Criatura em Lugar do Criador

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Adorando a Criatura em Lugar do Criador

Mensagem por Eduardo em Sab Set 10, 2011 1:11 pm

O vídeo abaixo é uma perfeita ilustração de "colocar o carro na frente dos bois".



Velhos ditados normalmente contêm uma mensagem de bom senso e "colocar o carro na frente dos bois" é um bom exemplo. A imagem absurda de uma junta de bois empurrando uma carroça em vez de puxá-la é ilustrativa de colocar as coisas fora da ordem correta. Encontramos esse princípio mencionado pelo apóstolo Paulo no seguinte texto:

"Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém." [Romanos 1-25; ênfase adicionada].
A palavra grega traduzida como "criatura" é ktisis, item 2937 na Concordância de Strong, do grego 2936 (ktizo); formação original (apropriadamente o ato; por implicação a coisa, literal ou figurativa) — construção, criação, criatura, ordenança.
A frase "honraram e serviram a criatura" (as coisas criadas) nos leva a acreditar que Paulo pode ter tido Satanás em mente. Mas em qualquer caso, é evidente que grande parte da humanidade continua a praticar o panteísmo — identificando as várias forças e operações da natureza como sendo parte de Deus e adorando-as. Mas como Satanás é também um ser criado, todos os que adoram a "natureza" estão indiretamente adorando o diabo!!
Uma ilustração da inclinação dos seres humanos de se virarem ou se desviarem daquilo que é objetivado pode ser visto sempre que os bebês recebem um novo brinquedo. Freqüentemente eles terminam brincando com a embalagem e não com o brinquedo! Por que isso acontece? Acho que provavelmente devido ao fato de não compreenderem a função do brinquedo. Eles preferem a caixa por que é mais simples e faz sons agradáveis quando eles batem ou a esmagam no chão!
Como são espiritualmente mortos, os indivíduos não regenerados são incapazes de reconhecer, apreciar ou diferenciar entre o Criador e aquilo que Ele criou. Como resultado, muitos terminam adorando o universo material por que é o que eles podem ver e experimentar com seus sentidos. A necessidade humana inata por confirmação sensorial é a principal razão por que o panteísmo de uma forma ou outra está no centro de todas as religiões pagãs.
Talvez o exemplo mais óbvio desse tipo de crença possa ser visto no hinduísmo, em que os aderentes adoram uma imensa quantidade de deuses. Eles, juntamente como todos os gnósticos, acreditam na reencarnação — ciclos em que a alma retorna para viver novamente em um corpo. E esse corpo pode ser qualquer coisa, desde uma formiga até um elefante! É por isso que eles evitam matar as "vacas sagradas", os ratos, os macacos, etc. — porque qualquer coisa viva pode ser o tio Carlinhos reencarnado! O conceito de "carma" governa o nível de cada ciclo de reencarnação — isto é, o efeito total da conduta de uma pessoa determina se ela voltará como uma formiga, um elefante, ou se finalmente escapará do ciclo de reencarnação e alcançará o estado final e de total felicidade do Nirvana.
Bem no centro da crescente ênfase dada às questões ambientais está a crença que a "Mãe Gaia" (a Terra) está superpovoada e ficando exaurida de seus recursos. Os proponentes também insistem que o aquecimento global nos destruirá se algo não for feito rapidamente. Embora algumas dessas afirmações pareçam estar baseadas na observação científica, a verdade é que estão sendo dirigidas pelo panteísmo gnóstico. Acerca disso, o Deus da Bíblia diz o seguinte:

"Enquanto a terra durar, sementeira e sega, e frio e calor, e verão e inverno, e dia e noite, não cessarão." [Gênesis 8].
"Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio, mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios." [2 Pedro 3:6-7; ênfase adicionada].
Assim, insistir que o homem vai destruir seu ninho é uma mentira perniciosa nascida no poço do abismo e promovida pelo gnosticismo ocultista! O homem pode poluir e exaurir os recursos da Terra, mas Deus reservou a destruição final dela para si mesmo. Um novo céu e uma nova Terra serão o resultado:

"Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?" [2 Pedro 3:12].
"E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles." [Apocalipse 20; ênfase adicionada].
"Vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe." [Apocalipse 21; ênfase adicionada].
Antes que esse ato final de julgamento ocorra, Jesus Cristo irá governar a Terra como Rei dos Reis e Senhor dos Senhores durante mil anos:

"E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo." [Apocalipse 20-3; ênfase adicionada].
Sentado no trono de Davi em Jerusalém, Ele governará com "vara de ferro".

"Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro." [Salmos 2].
"E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai." [Apocalipse 2].
"E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono." [Apocalipse 12].
"E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso." [Apocalipse 19].
Os eleitos entre as nações (tanto judeus quanto gentios) que sobreviverem ao Período da Tribulação e ao julgamento de Deus no Armagedom, entrarão no Reino para povoar a Terra. Neste ponto a humanidade finalmente experimentará a Utopia — o ideal pelo qual tantos ansiaram. A Terra será restaurada à sua beleza dos tempos do Jardim do Éden e o meio ambiente será perfeito em todos os aspectos. A justiça será exercida de forma rápida (a vara de ferro) e nenhum pecado oculto ficará sem punição. (Para um estudo mais aprofundado desse assunto, leia o artigo "Milênio — o Reinado de Jesus Cristo na Terra", em P196.)
Mas intencionalmente obscurecido por uma cortina de fumaça das questões do meio ambiente está a horrível possibilidade de os homens maus tomarem as questões em suas próprias mãos. O iluminismo gnóstico há muito tempo planeja governar o mundo colocando seu "cristo" no trono. O objetivo declarado deles é reduzir a população mundial em dois terços. O príncipe Phillip, da Inglaterra, pai do príncipe Charles, é o atual chefe da Maçonaria do Rito Escocês em todo o mundo. Certa vez ele disse que gostaria de retornar reencarnado como um vírus mortal para que pudesse ajudar a corrigir o problema da superpopulação! Mesmo assim, a maioria das pessoas ainda não compreende por que a princesa Diana tinha tanto medo daquela "realeza". Mas, uma vez que ela lhes deu um "herdeiro e um sobressalente", a utilidade dela terminou.
Os homens livres (ou pelo menos aqueles que pensam que são livres) nunca foram levados gentilmente à opressão e faz sentido para os iluministas que eles precisam ser destruídos para que o plano seja bem sucedido. Afinal, no modo deles de pensar, os milhões de mortos em uma conquista vão reencarnar — talvez em uma vida melhor do que antes — de modo que eliminá-los é algo plenamente justificável. Essa lógica draconiana segue o adágio que "Algumas gramas de prevenção valem tanto quanto um quilograma de cura". Exatamente como aconteceu com a princesa Diana, o mundo livre — especialmente a América — muito provavelmente será eliminado quando não for mais útil. Quando as nações se tornarem um peso para os homens sem Deus e totalmente inescrupulosos, a liberdade e a justiça para todos serão tripudiadas sem hesitação.
Devem os cristãos se levantar em justa indignação e pegar em armas contra esse inimigo — uma segunda Revolução Americana? Os Movimentos Patriotas dos tempos anteriores aos incidentes em Waco e em Oklahoma City "brandiram os sabres" e fizeram pregações nessas linhas, mas hoje estão relativamente silenciosos. Táticas brutais das forças do governo rapidamente fizeram calar essas noções e demonstraram uma disposição de matar qualquer um que se atreva a tentar. Portanto, o povo de Deus não deve ser tentado a se envolver em rebelião contra o governo por que essa não é uma opção com respaldo nas Escrituras. Romanos 13:1-2 proíbe expressamente a rebelião contra as autoridades e o objetivo de Deus é que os maus ganhem a batalha, mas percam a guerra!

"Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação." [Romanos 13-2; ênfase adicionada].
A profecia bíblica nos diz que uma vitória temporária das forças do Anticristo é tão certa quanto a morte e os impostos. Precisamos nos acostumar com a idéia e direcionar todas nossas energias e recursos à propagação do evangelho de Jesus Cristo enquanto podemos — não em vãs tentativas de "recuperar nosso país". Precisamos trabalhar enquanto é dia, porque as trevas estão rapidamente descendo sobre nós.
Mas, a despeito da escrita na parede em letras bem grandes, muitos pastores continuam a pregar sermões patriotas e a exortar seus rebanhos a fazerem grandes coisas por meio das urnas eleitorais. Amados, sejam bons cidadãos e votem de acordo com suas consciências enquanto ainda temos esse privilégio — mas acordem para a realidade e compreendam que fazer isso é mais ou menos análogo a reorganizar as cadeiras no convés do Titanic! As últimas eleições presidenciais nos EUA foram pouco diferentes do que os eleitores tinham na antiga URSS — eles tinham a escolha de um candidato único, o que garantia o resultado e nós tivemos dois! Somos sortudos ou o quê?
É essa visão fatalista e/ou pacifista para o filho de Deus? Respeitosamente digo a todos os que se preocupam que é realismo baseado no bom senso e nas restrições apresentadas para nós pelas Escrituras. Em nenhum lugar no Novo Testamento encontramos justificativa para a rebelião contra as autoridades civis. Ah, mas e os comentários de Pedro e João diante do Sinédrio em Atos 4, e as palavras de Pedro em Atos 5?

"Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: Julgai vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus; porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido." [Atos 4-20].
"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens." [Atos 5].
Sob o governo romano, o Sinédrio tinha pouquíssima autoridade civil. Os judeus podiam praticar sua religião e o Sinédrio decidia as questões referentes a essas crenças, mas não podia impor a pena de morte — como foi claramente demonstrado pelo fato de eles levarem Jesus Cristo ao governador romano Pôncio Pilatos e pedir que ele O condenasse e executasse. Se Pedro, João e os outros apóstolos tivessem se recusado a obedecer a Pilatos, certamente as conseqüências teriam sido muito sérias!! Assim, todos os pregadores que tentam usar a recusa dos apóstolos de obedecerem ao Sinédrio como justificativa bíblica contra nosso governo precisam repensar suas posições!

"Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra." [Mateus 5; ênfase adicionada].
"Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas." [Mateus 10].
Todas as pessoas têm um direito básico de se defender e proteger contra os indivíduos que queiram feri-los fisicamente. No entanto, para o cristão, esse direito não se aplica no que se refere à autoridade governamental. "As potestades que há foram ordenadas por Deus" e não devemos nos envolver em resistência ativa e física contra elas. Mais cedo ou mais tarde os cristãos terão de encarar um decreto "converta-se ou morra" pelas forças do Anticristo e a única opção bíblica naquele tempo será fugir — não lutar e resistir. Se pegos, eles precisarão respeitosamente se recusar a receber o sinal da besta e depender pela fé que Deus lhes dará graça para enfrentar a morte com bravura e serenidade. Quando a antiga Roma punha os cristãos à morte no Coliseu, freqüentemente se dizia a respeito deles que "morreram bem". Despedaçados pelos animais selvagens e mortos pelos gladiadores, os mártires morriam louvando ao Senhor com seus lábios. Por causa de suas ações, somente a eternidade revelará quantos espectadores foram convencidos e se converteram por que sabiam que aquilo que tinham testemunhado estava muito além do comportamento humano normal.

"Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos." [Salmos 116].
Assim sendo, tenha em mente que a história se repete e fique espiritualmente preparado para enfrentar aquilo que o futuro reserva para nós.






Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.
Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.
Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum