Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

Amor ao dinheiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Amor ao dinheiro

Mensagem por Ictus em Dom Ago 15, 2010 3:52 pm

Esse texto eu retirei de um dos meus blogs o iesus-christos.blogspost.com, espero que seja útil´


I Tim. 6:10, 11 – "Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores. Tu, porém, ó homem de Deus, foge destas coisas; antes, segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão.”

O Dr. R. Newton relata a triste história de um marinheiro que se demorou numa pequena pousada na aldeia da Normândia. Pagou o jantar e o alojamento de uma noite. O proprietário e sua esposa eram anciãos e de aparência pobre. O marinheiro convidou-os a jantar com ele e durante a refeição lhes perguntou algo sobre seus familiares, principalmente sobre o filho que desde muito jovem se tornou marinheiro. Os pais supunham que estava morto, pois durante muito tempo não ouviram nada dele. Na hora de dormir, a mulher conduziu o marinheiro até seu quarto. Este lhe disse boa noite e deslizou em sua mão uma moeda de ouro. Ela mostrou ao marido e ambos se deleitaram olhando-a. Sabiam que o marinheiro possuía mais ouro. Durante a noite o assassinaram em sua cama e tomaram todo seu dinheiro.
Muito cedo, na manhã seguinte, dois parentes dos proprietários vieram perguntando onde estava o marinheiro. Ambos responderam que havia ido embora. "Não é possível – disseram os parentes – porque era filho de vocês, o filho que voltou ao lar para passar a vida com vocês. Disse-nos que permaneceria com vocês uma noite, sem dizer-lhes que era seu filho, para ver quão bondosos vocês poderiam ser com estranhos". Tinham assassinado seu próprio filho, pelo abominável amor ao dinheiro!

Quantos estão dispostos a vender sua alma ao diabo por uma bolsa de ouro! – Keith L. Brooks

A partir dessa historia podemos perceber que o amor ao dinheiro é algo muito perigoso, e suas conseqüências podem facilmente serem vistas na política de nosso país. Homens e mulheres se deixam corromper, e passam a cometer diversas práticas ilícitas. Podemos perceber também nas diversas guerras que geralmente são motivadas por nada mais e nada menos do que dinheiro.
Aliás, a guerra é uma ótima maneira de obter dinheiro, e costumeiramente é usada unicamente para esse fim. Observe os EUA.
Não é licito amar ao dinheiro, mas infelizmente necessitamos dele para nossas atividades diárias.
As riquezas trazem algumas coisas ditas boas, mas será que realmente necessitamos do luxo? Um homem necessita de um celular de última geração para ser feliz? Ou necessita do carro do ano?
Ele precisa de uma obra de arte de algum pintor famoso? E quanto às mulheres? necessitam elas de seda, ouro e diamantes para serem belas? Será que nós necessitamos do ouro e da prata para sermos felizes? A resposta é não. Em 1 Timóteo 6:8 lemos: "Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos felizes". Podemos perceber que não precisamos ser ricos para sermos felizes.
O dinheiro não é, e nem deve ser considerado a chave da felicidade. Outro versículo que aborda um tema semelhante está no livro de Lucas, capítulo 22, verso 12: "Observai os lírios; eles não fiam, nem tecem. Eu, contudo vos afirmo que nem Salomão, em toda sua gloria, se vestiu como qualquer deles" Nessa afirmação de Jesus, percebemos que de certa forma a simplicidade é algo bom, já que nem Salomão, que segundo a bíblia foi o homem mais rico de todos os tempos, vestiu-se melhor do que os simples lírios do campo.
Devemos admitir que o dinheiro de fato traz algumas coisas boas. Quem não gosta de viajar, visitar novos locais conhecer novas pessoas ou passar um fim de semana em uma casa com vista para o mar? São coisas muito boas, mas elas têm um alto custo. Em quanto uma pequena parcela tem direito a esses luxos, uma grande parcela (aproximadamente três bilhões de pessoas) vivem com menos de 1,25 dólares por dia, isso dá, na cotação de hoje o equivalente à 2,13 reais. Imagine-se vivendo com menos de 2,13 reais por dia? Mas isso é uma realidade para três bilhões de pessoas no mundo. O dinheiro proporciona o luxo de alguns e a miséria de muitos.
O problema do amor ao dinheiro não é apenas o fato que de que passamos a nos afastar de Cristo, mas também pelo fato de que o dinheiro que proporciona o luxo de uma minoria privilegiada, proporciona igualmente a miséria total de uma maioria desprivilegiada. Bilhares de pessoas no mundo têm que sobreviver a uma vida de total segregação e pobreza. Isso a meu ver não é justo, e aonde não há justiça, não há Deus. Caso todas as pessoas tivessem condições de viver e não apenas tentar sobreviver, o dinheiro seria justo, mas um sistema no qual todas as pessoas possam ter o mínimo necessário está longe de acontecer. Acredito que não seja impossível, mas neste mundo é muito difícil ser aplicado. O máximo que podemos conseguir é amenizar os efeitos de nosso sistema econômico selvagem aonde a lei do mais forte persiste.
Existem diversas passagens bíblicas nas quais percebemos o perigo das riquezas, e outras que mostram que nós devemos nos afastar da avareza e do amor ao dinheiro “Porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui" Lucas 12: 15. Em outras passagens, percebemos que se amarmos ao dinheiro estamos contribuindo para nosso afastamento de Deus. "Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e as riquezas". Mateus 6:24. Em Mateus 26:15 temos um excelente exemplo do que o amor ao dinheiro pode gerar. Lembre-se que um dos doze discípulos traiu o mestre por trinta moedas de prata. Ainda em Mateus temos no capitulo 19, versículos 16 a 22 o relato do encontro de Jesus com um jovem rico. O jovem seguia os mandamentos à risca, mas no momento em que Cristo o pediu que abrisse mão de suas posses, "o jovem ouvido esta palavra, retirou-se triste, por ser dono de muitas propriedades" Mateus 19:22. Este outro exemplo do que o amor ao dinheiro pode gerar: o afastamento da luz.
Se o amor ao dinheiro gera o afastamento de Deus então o que fazer? A resposta está em Lucas 12:33: "Vendei o que tendes, e dai esmolas, e fazei para vós bolsas que não se envelheçam, tesouro nos céus que nunca acabe, aonde não chega ladrão, e a traça não rói". Preste atenção, aqui não está escrito que e para fazer voto de pobreza, mas sim, deixe as riquezas um pouco de lado e tente ajudar seu próximo dentro das suas possibilidades. Não considere o dinheiro como fonte de felicidade. Ele não pode dar a segurança que temos em Cristo Jesus.
E só para concluir Lucas 12:34 "porque aonde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração". Perceba aonde devemos depositar nosso tesouro. Veja, aqui está no sentido figurado, ali estará nosso coração, ou seja, se depositarmos nossas vidas no dinheiro, no dinheiro estará nosso coração, mas se depositarmos nossas vidas em Cristo, é Nele que estará nosso coração.
Para finalizar, responda a si mesmo: qual senhor você esta seguindo? Lembre-se não é possível seguir a dois senhores. Que Deus nos ilumine e nos ajude a cada dia buscar unicamente fazer a Sua vontade.

Ictus

Mensagens : 21
Idade : 25
Inscrição : 14/08/2010

Ver perfil do usuário http://iesus-christos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amor ao dinheiro

Mensagem por Eduardo em Dom Ago 15, 2010 3:56 pm

Muito bom irmão, continue nos auxiliando.

Que Deus o abençoe!
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum