Últimos assuntos
» Decreto dominical a caminho
Dom Fev 19, 2017 7:48 pm por Augusto

» Acordem adventistas...
Ter Fev 07, 2017 8:37 pm por Augusto

» O que Vestir Para Ir à Igreja?
Qui Dez 01, 2016 7:46 pm por Augusto

» Ir para o céu?
Qui Nov 17, 2016 7:40 pm por Augusto

» Chat do Forum
Sab Ago 27, 2016 10:51 pm por Edgardst

» TV Novo Tempo...
Qua Ago 24, 2016 8:40 pm por Augusto

» Lutas de MMA são usadas como estratégia por Igreja Evangélica para atrair mais fiéis
Dom Ago 21, 2016 10:12 am por Augusto

» Lew Wallace, autor do célebre livro «Ben-Hur», converteu-se quando o escrevia
Seg Ago 15, 2016 7:00 pm por Eduardo

» Ex-pastor evangélico é batizado no Pará
Qua Jul 27, 2016 10:00 am por Eduardo

» Citações de Ellen White sobre a Vida em Outros Planetas Não Caídos em Pecado
Ter Jul 26, 2016 9:29 pm por Eduardo

» Viagem ao Sobrenatural - Roger Morneau
Dom Jul 24, 2016 6:52 pm por Eduardo

» As aparições de Jesus após sua morte não poderiam ter sido alucinações?
Sab Jul 23, 2016 4:04 pm por Eduardo

SEU IP
IP

O desafio da Arqueologia Minimalista

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

02112012

Mensagem 

O desafio da Arqueologia Minimalista






Quando estudamos a história da arqueologia moderna, especialmente a arqueologia do oriente médio, percebemos descobrimos uma coisa curiosa na trajetória desta ciência – Até meados da década de 1970 havia um razoável consenso entre os especialistas de que a Bíblia era uma fonte histórica confiável, principalmente se estivesse se referindo à história do povo hebreu. Sabia-se que a arqueologia fornecia indiscutíveis confirmações do relato bíblico e a oposição de alguns acadêmicos, geralmente sem treinamento arqueológico, não passava de uma voz isolada.



Em nosso último programa, você se lembra, iniciamos uma apresentação da chamada escola minimalista de arqueologia bíblica. Só para fixar na memória: Explicamos que o minimalismo é aquela extremada corrente de arqueólogos que negam a historicidade de praticamente tudo o que a Bíblia diz, ficando apenas com o mínimo do mínimo de sua narrativa – daí o nome minimalista. Para eles, figuras clássicas como o rei Davi e outros heróis bíblicos, nunca existiram e a quase totalidade das histórias narradas, especialmente no Antigo Testamento, não passa de mitos produzidos depois do cativeiro babilônico principalmente pelos escribas que viveram no período helenista, isto é, no 4º. Século AC.


"Conforme aquele caminho que chamam SEITA, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na LEI e nos PROFETAS" (Atos 24:14 ) - Paulo, o apostolo dos gentios
avatar
Eduardo

Mensagens : 5997
Idade : 47
Inscrição : 08/05/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum